INESQUECÍVEL – Os 5 melhores animes do Estúdio Manglobe.

YO! Como vai? Tudo ótimo? Tudo bem?

Estranhamente, hoje é feriado e eu não tenho quase nada para fazer – na verdade, eu tenho e muito. Então, durante meus devaneios, decidi criar um post sobre um dos meus estúdios preferidos: o inesquecível estúdio Manglobe

30acd95a8bc39e1b8129d78db2e4f7ba6b716def_hq.gif

Para quem não sabe, o estúdio Manglobe fechou as portas em meados de 2015 por questões financeiras. Em outras palavras: o estúdio faliu, pois não conseguiu obter lucro suficiente para suas produções. De fato, foi uma causa lastimável perder um estúdio deste calibre na indústria de animação. Considero ele um dos meus favoritos, pois é incomum, senão raro, uma empresa deste porte carregar obras que abraçam esteriótipos diferentes com tamanho talento. 

Não tive oportunidade de escrever sobre o ocorrido na época – até porque criei o Shiritori apenas em 2016. Caso queiram saber mais sobre a história do estúdio, cliquem aqui.

Enfim, escrevo-lhes este post com lágrimas – mas com bastante orgulho.

Lembrando que esta lista foi feita por mim, ou seja: meu gosto pode não agradar à todos.

 

5) Ergo Proxy

Analise_Anime_Ergo_Proxy_TF_Imagem_3.jpg

Fixa técnica: 

Status: terminado em 23 episódios| Ano de lançamento: 2006 |Demografia / Gêneros: Sci-Fi, Mistério, Psicológico, Seinen | MyAnimeList

Sinopse: Dentro da cidade chamada Romdo, encontra-se uma das últimas civilizações humanas na Terra. Milhares de anos atrás, uma catástrofe ecológica global condenou o planeta. Agora, a vida fora dessas cúpulas é praticamente impossível. Para acelerar a recuperação da humanidade, “AutoReivs”, robôs semelhantes a humanoides, foram criados para ajudar as pessoas no seu dia-a-dia. No entanto, AutoReivs começaram a contrair uma doença enigmática chamada “vírus Cogito”, que lhes confere autoconsciência. Re-l Mayer, neta da governante de Romdo, é designada para investigar esse fenômeno junto com seu parceiro Autogyv Iggy. Mas o que começa como uma investigação de rotina rapidamente se espalha em uma conspiração no momento em que Re-l é confrontada com os pecados mais sombrios da humanidade.

Comentário: Nunca pensei que veria a Amy Lee de Evanescence em um anime. Brincadeiras à parte, sempre fico provocando meus amigos que me pedem uma análise de Ergo Proxy e Serial Experiment Lain – sinto que no momento em que escrever alguma análise sobre estes dois animes, minha pouca sanidade mental irá se esvair. São obras com uma carga psicológica bastante pesada. Ergo Proxy, por exemplo, chegará um estágio que você não entenderá nada do que está acontecendo ali, mas é normal. É necessário ter um olhar mais apurado para entender a real mensagem deste anime, recomendo muito para pessoas que gostam de Sci-Fi.

4) Gangsta

1289756_Latvian_ShowMasterKeyArt_457de37e-deff-e611-8175-020165574d09.jpg

Fixa técnica:

Status: terminado em 12 episódios| Ano de lançamento: 2015 |Demografia / Gêneros: Ação, Drama, Seinen | MyAnimeList

Sinopse: Nicholas Brown e Worick Arcangelo, conhecidos na cidade de Ergastalum como “Handymen”, são mercenários contratados que assumem empregos que ninguém mais pode lidar. Contratados por poderosos sindicatos de multidões e policiais, os Handymen devem estar prontos e dispostos a qualquer coisa. A cidade em que eles moram (Ergastalum) já foi um refúgio seguro para “Twilights”, seres super-humanos nascidos como resultado de uma droga especial, mas agora estão sendo caçados por uma feroz organização subterrânea. Esta nova ameaça está subindo para desafiar tudo o que a cidade representa, e os Handymen não poderão evitar a próxima guerra.

Comentário: Inicialmente, eu não tinha gostado tanto de Gangsta. Eu só fui realmente ganhar empatia quando as peças da obra foram se encaixando e quando fui, de fato, ler o mangá. Pode não parecer, mas… my heart is full of shoujo manga, but my soul is violently made of seinen/shounen. Resumindo: eu sou a maior fanática por animes de armas e máfia que vocês podem encontrar no Brasil. Eu assisti Gangsta esperando que ele superasse um Black Lagoon da vida. Gangsta tinha TUDO, a questão é que ninguém consegue superar Black Lagoon – pelo menos, não até agora. Gangsta entrou nesta lista apenas por um motivo: enredo. Tem muita pancadaria? Tem. Tem desenvolvimento de personagem? Tem. No entanto, apesar de todas as muitas incógnitas que desenvolvemos no anime serem apenas respondidas no mangá, o anime não deixa de ser interessante. A qualidade da animação pecou um pouco, mas nada tão gritante.  

3) Saraiya Goyou

sarai-ya-goyou-op-large-061

Fixa técnica:

Status: terminado em 12 episódios| Ano de lançamento: 2010 |Demografia / Gêneros: Histórico, Samurai, Seinen| MyAnimeList

Sinopse: O samurai sem mestre, Akitsu Masanosuke, é um espadachim hábil e leal, mas sua natureza ingênua e tímida causou com que ele fosse despedido pelos senhores que o contrataram. Com fome e desespero, ele se torna o guarda-costas de um homem chamado Yaichi. Neste momento, Masa começa a perceber várias coisas estranhas no âmbito em que o cerca… estaria ele, inconscientemente, envolvido no mundo do crime?  

Comentários: Olhares, poesia, suspense: o Japão é uma grande sala de chá. Acredito que poucas pessoas conheçam este anime, mas na mesma proporção que ele é desconhecido… ele é bom. O protagonista é atípico, o traço é atípico, o enredo é atípico, tudo é atípico. Sinceramente? A elegância dessa obra, desde os personagens à trilha sonora, é encantadora! Não se deixem enganar pelo semblante singelo de Saraiya Goyou, aqui as coisas não são facilmente assimiladas ou ditas… apenas acontecem. E, apesar de sempre existir alguma espécie de conflito, é incrível como a harmonia sempre é mantida como base de conversação e a natureza dissimulada das pessoas é colocada à prova. O enredo é feito de suspense, dúvidas e tudo isso deixa a história ainda mais atraente. No mais: indico MUITO Saraiya Goyou para vocês. 

2) Michiko to Hatchin

ishot-12.jpg

Fixa técnica:

Status: terminado em 22 episódios| Ano de lançamento: 2008 |Demografia / Gêneros: Action, Adventure| MyAnimeList

Sinopse: O enredo se desenvolve em um país fictício da América do Sul (com fortes indícios de ser o Brasil), dando destaque para uma mulher chamada Michiko Malandro e uma criança chamada Hana. Michiko e Hana possuem realidades completamente diferentes, porém coincidem em algo: precisam encontrar Hiroshi (pai de Hana). A obra visa mostrar as aventuras e desavenças que ambas enfrentam para encontrar Hiroshi – sem maquiar a realidade feia e cruel do mundo durante a jornada. 

Comentário: PQP, QUE ANIME BOM! Não consigo expressar tudo o que senti assistindo este anime num pequeno comentário, o impacto desta obra foi tão forte que fiz questão de escrever uma resenha sobre ela aqui. VOCÊS PRECISAM CONHECER ESSE ANIME. Levem essa indicação à sério, porque Michiko to Hatchin é de uma natureza única e espetacular. Em hipótese alguma, não ousem deixar este anime passar despercebido em suas listas… será o maior pecado que vocês cometerão na indústria de animação japonesa, o primeiro é droppar Gintama. 

1) Samurai Champloo

maxresdefault.jpg

Fixa técnica:

Status: terminado em 26 episódios| Ano de lançamento: 2005 |Demografia / Gêneros:  Ação, Aventura, Comédia, Histórico, Samurai, Shounen| MyAnimeList

Sinopse: Fuu Kasumi é uma garçonete jovem e desajeitada. Mugen é um espadachim com passado desconhecido, dono de uma técnica de luta selvagem. Jin, por outro lado, é um espadachim formidável com uma técnica de espadas polida e tradicional.  Em um período alternativo de Edo (Japão), esses três indivíduos excêntricos decidem viajar juntos em uma missão épica cheia de ação, comédia e luta de espadas dinâmicas, tudo mesclado com uma trilha sonora exclusiva de hip-hop.

Comentário: Eis que este foi meu primeiro anime do estúdio Manglobe e que viria a ser um dos meus eternos favoritos. Tudo neste anime é bem feito. Os personagens são carismáticos, nenhum deles é mal desenvolvido ou que te faça pensar “que personagem chato”. Não, todos ali tem uma história, um passado, um trauma e que, por mínimo que seja, será contado no anime. Outro fator interessante: as lutas são muito boas não porque demonstram técnicas tradicionais afiadas, mas porque são loucas. Mugen é um personagem que irá desmitificar a luta de espadas que tanto conhecemos, justamente porque ele não tem perfil nenhum de espadachim – ele é desleixado, maluco e que se move de um jeito mais estranho que sua personalidade. E a direção disso aqui? Tem Shinichiro Watanabe no meio, ou seja: tá boa pra caralho. Os jogos de cenas, por exemplo, ficaram sensacionais. Enfim, Samurai Champloo é o tipo de anime que, junto com Cowboy Bebop, não podem de jeito algum serem desconhecidos por vocês – caso contrário, irão se arrepender a-m-a-r-g-a-m-e-n-t-e. 

 

Bom, espero que tenham gostado da lista de indicações. O estúdio Manglobe deixará muuuuitas saudades em meu coração. Gostaria de ver mais animes deste tipo sendo produzidos, mas com a saída desse estúdio… as coisas ficam um pouco mais complicadas. Sei que deixei de citar obras famosinhas como “Deadman Wonderland” ou “Kami nomi zo Shiru Sekai”, mas como tinha dito anteriormente: é uma lista de caráter pessoal e eu, particularmente, achei estes 5 os melhores do estúdio. Caso alguém discorde, bora batalhar nos comentários e.e kkkk    

OBS: A maioria dessas sinopses foram pegas no MyAnimeList e modificadas. 

 

 

 

– See you space cowboy

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s