Indicação - música

Minami: Na junção de emoções e metáforas, a perfeição

Olá, eu sou Deku, o mestre da inutilidade.

 Bem, agora que tive meu “momento chuunibyou diário”, vamos falar sério. Hey, tudo bem? Eu estou muito bem, afinal vou falar sobre a melhor pessoa ainda viva: Minami, a mestra do transbordamento de emoções e das inspiradas entre versos (você vai entender esse último quando escutar alguma música dela). Quando eu digo que eu amo as músicas dela, eu estou usando eufemismo da forma mais forçada possível, porque eu não tenho palavras para descrever o quanto eu respiro essas músicas.

Agora que deixei claro o quão incrível ela é para mim (leia-se: babei ovo da forma mais descarada possível), vamos começar explicando quem raios é essa tal de MELHOR CANTORA DA HISTÓRIA E QUEM DISCORDAR NÃO MERECE O AR QUE RESPIRA Minami:

Minami é uma cantora/compositora de J-Pop e Rock que começou em 2015 a mostrar toda a sua habilidade ao mundo, mas ela apagou a maior parte de suas músicas dessa época – e quando eu digo a maior parte de suas músicas, eu não estou brincando, de dezoito músicas ela apagou FREAKING DEZESSEIS delas, só deixou Prologue e Main Actor, e ainda assim Prologue tinha ficado paga no YouTube durante algum tempo. Sim, ela apagou praticamente todo o trabalho para o qual ela se empenhou por TRÊS ANOS, e algumas realmente sumiram do mapa, porque eu já passei pelo menos umas 3 horas procurando e só achei umas 3 ou 4 que foram repostadas no YouTube, fora um minuto de Like Cider, que foi repostada no Reddit.

Fora isso, não tem muito o que falar sobre o passado dela como cantora, já que a maior parte dessas informações simplesmente tiveram a existência apagada e até onde eu sei ela começou a usar redes sociais e ter alguma interação com fãs faz pouco tempo.

“Mas por que raios você dedicou quase um parágrafo para explicar que o passado dela é nublado, Deku?” você pergunta, e eu te dou duas razões para isso: primeiro que eu já tinha dado toda a informação básica sobre quem a Minami é e precisava explicar o porquê de as informações que apresentei serem tão superficiais quanto uma explicação curta dada por digitar o nome dela no Google (curiosidade: sequer essas informações aparecem quando se pesquisa isso, tem uma empresa chamada Minami que cobre toda a página de resultados), e o segundo motivo é que eu quero muito achar as outras músicas dela, então quero fazer uma espécie de pedido de socorro para o incrível ser humano que tiver alguma informação de onde achá-las (sonhar não custa nada, certo?).

Edit (22/02/2021): Senhoras e senhores, eu venho para os trazer boas notícias: EU ENCONTREI ONZE DAS DEZESSEIS MÚSICAS DELETADAS!!! Graças ao subreddit r/Minami a maioria delas finalmente viram a luz do sol de novo, para a minha felicidade, e vocês poderão baixá-las também por aqui (algumas delas já tinham sido repostadas no YouTube, mas decidi mantê-las no link para facilitar a pesquisa de vocês). Recomendo escutarem Sensei Anone e Monologue primeiro, foram minhas preferidas dessa leva de músicas *-*

Bem, apresentações feitas, eu vou falar sobre cada um dos Music Videos que ela compôs e que não foram apagados dos perfis oficiais dela – ou seja, apenas 5 músicas (sim, eu vou ficar angustiado com isso e reclamar em todas as chances que tiver ;—–;).

PS: Só para deixar claro, Prologue não é um MV (sigla para Music Video), portanto, eu não vou falar dele.

.

Hollowness

E eu já vou começar com o que eu considero a segunda melhor música dela: Hollowness. É uma música que trata principalmente sobre falsidade. Basicamente mostra uma garota que entrou em crise existencial por ter se entrelaçado nos fios das próprias mentiras que ela usou para ser aceita pela sociedade. Sim, é um tema simples e bem saturado, mas mesmo com essa barreira ela consegue ser absolutamente perfeita em todos os sentidos.

O ritmo da música em si já causa um clima de tensão absurdo desde o começo, e caso você ache que ele acaba em algum momento, eu te digo: Ele não só não acaba como também faz a tensão aumentar a cada segundo que se passa, até que chega no final e toda aquela tensão explode em um “I WON’T LIE TO YOU AGAIN, YOU. HAVE. MY. WOOOOOOOOOOOOORD!!!” que meu amigo, é simplesmente libertador, vira e mexe eu só percebo que estou prendendo a respiração quando ela diz essa frase final (na verdade, quando eu estou caminhando isso começa a se tornar um problema sério, mas eu não pararia de ouvir uma maravilha como essa nem se alguém tivesse atravessado a minha barriga com uma tora de madeira).

A animação do vídeo também é perfeita, com direito até a uma batalha interna entre a protagonista simbolizada por ela e… ela com uma blusa preta. Ok, eu estou rindo um pouco (bastante) enquanto escrevo isso, mas o simbolismo na animação realmente foi muito bem feito e aplicado, e embora isso seja o padrão Minami é sempre bom destacar isso.

As duas “versões” da personagem (até onde eu sei, ela não tem nome)

Eu não vou entrar muito a fundo nos simbolismos porque daria pra escrever um post dedicado para cada uma das músicas dela, mas já aviso que vou citar um ou outro que eu ache legal destacar (talvez até mesmo explique alguma referência de um verso específico ou algo assim).

.

PS: Ela só é a segunda melhor música porque Ame wo Matsu foi lançada há um mês no momento em que escrevo esse post, e antes disso ela era a minha música predileta… Apenas um fun fact bem aleatório ¯\_(ツ)_/¯.

.

Lilac

Bem, se Hollowness tinha muito mais profundidade visual do que profundidade na letra, Lilac é o seu extremo oposto. Eu tive que dar replay nele pelo menos 20 vezes antes de entender as metáforas que a Minami colocou cuidadosamente na letra. Sério, tem uma parte da música em que a tradução ficaria “Pois uma lança e um escudo foram feitos para serem usados juntos” que faz referência à uma lenda japonesa em que um mercador vende tanto uma espada que ele afirma cortar qualquer coisa quanto um escudo que ele diz ser impenetrável, e um dia chega alguém e pergunta “O que acontece se eu acertar o escudo com a lança?”, o que expôs uma incoerência. E, bem, a música se trata sobre a vida e sobre como ela é confusa e contraditória, e é basicamente o que essa lenda significa para os japoneses: Contradição. Coincidência? EU DIGO QUE NÃO!

A arte disso tem uma estilização absurdamente única

O MV tem uma animação muito boa, e tem toda uma metáfora com pássaros que se liga à música. Fora isso, eu tenho que falar sobre as cores usadas. Sério, é vibrante e extremamente bem aplicado, é muito bom ver esse show colorido simplesmente para apreciar o modo como tudo se encaixa tão perfeitamente e abrir um sorriso vindo direto da alma.

.

Kawaki Wo Ameku

Provavelmente você conhece essa música de algum lugar, e não é para menos: ela é a opening de Domestic na Kanojo. E adivinha? ELA É INCRÍVEL. Em questão rítmica ela fica par a par com as minhas prediletas, mas a letra dela, embora boa, não me pegou tanto quanto as outras. Não que ela seja ruim, na verdade ela retrata a sensação de se afastar de alguém extremamente importante para você, o que por si só já torna ela incrível, mas ela não me passa a sensação que as outras passam em seu modo de expressar isso, acho que é porque ela é bem direta com relação ao que ela quer expressar, e uma das minhas partes preferidas de ouvir algo da Minami é justamente tentar entender as analogias e metáforas na letra, mas tristemente em Kawaki wo Ameku a única coisa que chegou perto disso para mim foi o simbolismo com a chuva.

Isso aqui poderia facilmente ser meu wallpaper

Por outro lado, a partir dessa música a animação dos MVs da Minami começaram a ter uma qualidade extraordinária, parece até que o orçamento de um anime de animação mediana foi despejada para criar as animações dos MVs, e é essa a música em que se inicia isso. Uma pena que só Ame wo Matsu saiu após essa música. Enfim, embora eu tenha tido uma reclamação com base em meus gostos pessoais no começo, eu recomendo com prontidão essa música para qualquer um que apareça.

.

Main Actor

Ah, Main Actor, eu te amo tanto quanto o número de vezes que me pego cantando “HITOTSU DAKEIÔÔ” (Confia em mim, são muitas). Main  Actor começa com um monólogo sobre se sentir uma NPC na vida, e é sobre isso que a música inteira fala: sobre não se sentir importante.

Bem, eu sei que vai soar meio hipócrita, mas essa música também não tem muitos rodeios na letra, e é tão direta quanto Kawaki wo Ameku, mas nesse caso por algum motivo ele não me incomodou, provavelmente porque ela sempre se apresenta como uma música bem mais simples e direta, desde em como a animação tem poucos detalhes, sendo geralmente imagens estáticas ou focadas em uma garota extremamente angustiada, até o fato de o refrão ter um início de frase se repetindo algumas vezes para deixar a música mais melódica.

Essa arte simplista se encaixa muito bem com o propósito da música

Ela também é muito boa (afinal, selo Minami de qualidade :P), embora o monólogo no começo atrapalhe um pouco a escutar a música enquanto se está no ônibus ou algo assim, mas acho que boa parte da culpa disso é minha por não dar continuidade ao aprendizado de japonês por preguiça.

.

Ame wo Matsu

E chegamos à minha música predileta da Minami, eu vos apresento Ame wo Matsu.

*trompetes tocando*

Essa música é a representação perfeita do que é o estilo da Minami. As letras carregadas de sentimentos e significados ocultos? Confere. A animação perfeita como a de Kawaki wo Ameku mas com simbologias incrívelmente bem pensadas? Confere. Uma composição de ritmo impecável? Adivinha? Também está presente aqui.

Sim, a arte permanece nesse nível o tempo todo. Lembra que eu disse que a arte melhora drasticamente? É aqui que isso fica evidente.

Essa para mim é uma música que define se você gosta das músicas da Minami ou não. Se você achar essa música boa, consequentemente você vai gostar da maioria das outras, e se não gostou, eu te classifico automaticamente como uma anomalia no espaço-tempo, simples assim.

Essa música fala basicamente sobre estar se sentindo mal, sobre desistir de tudo e se frustrar por não conseguir fazer nada… E É PERFEITA FAZENDO ISSO. Ela pega o conceito da lente embaçada (em que ela compara a vida à uma lente de uma câmera, que sempre embaça ou suja em algum momento) e eleva a outro nível, te fazendo ficar simplesmente olhando boquiaberto para a tela e voltando a cada 5 segundos de música pra entender cada verso enquanto fica absorvido pelo modo como eles se encaixam de forma subjetiva.

Para você ter uma ideia, quando essa música lançou, eu já estava hypado para caramba para a música, eu realmente não consegui conter o hype, então as minhas expectativas não eram pequenas, na verdade, eu TALVEZ tenha me empolgado demais e já estava esperando algo que tomasse meu top 1 sem que eu nutrisse qualquer dúvida sobre se ela deveria estar lá ou não. Eu estava tão hypado que qualquer coisa abaixo daquilo ia me deixar decepcionado. Mas o que aconteceu? ELE SUPEROU AS MINHAS EXPECTATIVAS, A MINAMI É TÃO FODA QUE CONSEGUIU SUPERAR AS EXPECTATIVAS DE ALGUÉM COM HYPE NO TALO!!!

*cof, cof, cof*

Se possível, não deixe de dar uma olhada nessa música antes de morrer, é um desperdício de vida não permitir que os seus olhos e ouvidos contemplem algo de tamanha magnitude. Na verdade para mim o resultado de fumar durante 240 anos é o equivalente a viver uma vida sem essa música.

.

Extras

A Minami faz algumas lives com covers acústicos improvisados periodicamente, infelizmente as lives só ficam disponíveis para assistir por um curto período de tempo após a live terminar, mas nós temos alguém que salva nossa pátria: Pineapple Cookie. Ele reposta os covers no SoundCloud, e confie em mim quando digo que tem algumas coisas bem interessantes, desde um cover de Secret Base até uma canção de feliz aniversário:

Também vou deixar o link para a conta oficial dela no Spotify, então caso você o use, está abaixo para que você possa escutar as músicas dela incessantemente:

.

Considerações Finais

Espero que tenham gostado do post (e tenham se viciado nas músicas da grandiosa Minami-senpai). Agora vão, vão e criem mais pessoas cientes do quão bom é escutar as músicas dela.

.

.

.

Hey, você ainda está lendo? Oh, vejo que é alguém atencioso, já que chegou até aqui, vou me despedir apropriadamente. Até a próxima, e cuidado para não babar o travesseiro à noite (◡ ω ◡).

Que o poder da inutilidade esteja com você

16 comentários em “Minami: Na junção de emoções e metáforas, a perfeição”

  1. Ainda não tinha parado pra dar parabaéns ao Deku pela estreia, apesar de já ter lido o post faz um tempinho. Continue assim, shounen!
    Não conhecia a Minami, mas vou ficar de olho de agora em diante. Confesso que especialmente os covers me conquistaram; além de tocar e cantar bem, ela ainda me pareceu muito gente boa huahsuahsuh

    Curtido por 1 pessoa

    1. Que bom que gostou ^^! Vou dar o meu melhor. Os covers da Minami também me surpreenderam quando eu descobri, como eles são tocados casualmente em live eu fui escutar sem muitas espectativas e saí com uns 20 covers novos kkkkkkkkkkkk (e ela é muito bem humorada mesmo :P)

      Curtido por 1 pessoa

  2. Deku, eu provavelmente já escutei alguma música dela por aí, mas depois de ler o seu post me interessei mais por acompanhar a obra e com certeza já estão na minha playlist aqui.
    Parabéns pelo post de estréia e aguardo os próximos.!!!!

    Bjs da Senpai

    Curtir

    1. Que bom que gostou, ela realmente é alguém cujo trabalho vale a pena acompanhar.
      Muito obrigado, vou dar o meu melhor para mostrar os meus gostos e devaneios em cada um deles.

      Até a próxima, Senpai 😀

      Curtir

  3. HEY HEY! Já ouvistes sobre uma cantora de jpop chamada TUYU (ツユ)? Ela tem umas músicas bem bonitas e sentimentais com quase o mesmo estilo da Minami…
    dps tenta ouvir:

    Curtido por 2 pessoas

    1. Hey 😀
      Agradeço do fundo do meu coração pela recomendação, mas eu já tinha ouvido, inclusive Compared Child é a minha música preferida dela. Ela tem mesmo músicas umas músicas bem tocantes, gosto bastante do modo como a melodia mais animada se mescla tão bem com os temas melancólicos que as músicas dela costumam ter (em sua maioria, tem algumas exceções em que a melodia fica bem mais intensa). De novo, muito obrigado pela recomendação e pelo comentário, eu não consigo expressar o quanto eles tornam o meu dia mais feliz (•‿•).

      Curtido por 1 pessoa

  4. Aah que legal!!!!! Gostei da Minami!

    Só hoje consegui para para ler o seu post e ouvir as músicas apropriadamente! Eu tenho uma forte sensação de que já ouvi alguma música dela, a voz não me é estranha, mas não reconheci nenhuma dessas infelizmente.

    Gostei bastante de cada uma, especialmente daquela que tem aquela coisa da espada e do escudo eu adoro essa metáfora!

    Ficou muito bom o post, Deku, parabéns, já quero discordar da sua descrição neste blog, posso?

    Curtido por 2 pessoas

    1. Que bom que gostou das músicas dela, isso significa que meu objetivo com esse post foi concluído com sucesso :D.
      Geralmente as pessoas reconhecem a Minami por Kawaki wo Ameku, já que ela foi usada como OP de Domestic Na Kanojo, essa é minha maior aposta quando alguém reconhece a voz dela de algum lugar.
      Quando eu descobri a razão dessa metáfora eu fiquei muito surpreso, eu não esperava que tivesse tanto por trás de um único verso.
      Que bom que gostou, mas não duvide da minha inutilidade, geralmente as pessoas costumam se decepcionar quando isso acontece :P.

      Curtido por 1 pessoa

  5. JESUS!!!! Descobri artista, nome da música e até data de lançamento que estava procurando a um tempão (agora eu entendo o porquê de não ter encontrado ;-;), e realmente… todos os sentimentos e emoções que você escreveu estão sendo canalizados na melodia, letra, mv, e que pouco a pouco nos apossam completamente… nossa! Um amigo meu havia me apresentado o anime Domestic na Kanojo (que eu larguei antes do 3 ep, n me julgue…) e a op me dava um déjà-vu enorme (por mais que não tenha o mesmo estilo e simbolismo, como vc disse, das outras, continua sendo dela) e EU NÃO SEI COMO, MAS A VOZ DELA MARCOU MINHA MEMÓRIA POR UM TEMPÃO E EU NEM SABIA O NOME DELA kkkkk bem… obrigada! Agora ela tem mais uma fã e eu descobri passados sombrios kk

    Curtido por 3 pessoas

      1. Você não faz ideia do sorriso que dei quando li esse comentário, eu fico muito feliz de saber que eu ajudei você com sua busca e que consegui transmitir todos os meus sentimentos e pensamentos sobre a Minami para alguém. Sobre Domestic Na Kanojo, eu não posso julgar alguém quando eu sequer me interessei pelo anime (eu não costumo gostar de animes com tramas envoltas em irmãs sem laços sanguíneos, salvo exceções, claro). A voz dela é realmente inesquecível, tão característica que eu nunca tinha ouvido nada parecido antes. Eu que agradeço por ter lido o post e pelo comentário, a sensação de felicidade de ler esse comentário vai ficar em mim durante um bom tempo.
        PS: Bem vinda ao batalhão da inutilidade, de pouco em pouco conquistaremos o mundo >:3

        Curtido por 3 pessoas

        1. owti! que fofura! eieiei gostas desse estilo de música né? já ouviu falar da TUYU (ツユ) ? também é uma cantora de jpop, que compõe músicas sobre sentimentos e emoções, a animação dos mvs é PERFEITA, dps pesquisa…

          Curtido por 1 pessoa

        2. Por um momento meu pc bugou e minha resposta, pelo menos aparenta, não ter sido registrada (desculpa esfarrapada pra dizer que eu n sei nem comentar direito :p) já ouviu falar num cantora de jpop chamada TUYU (ツユ)? Ela tem um estilo parecido com o da Minami, mas completamente diferente ao mesmo, ela interpreta as emoções de sua própria forma e não escreve apenas músicas emotivas e sentimentais. Depois tente ouvir algumas dela ok? essa é uma das minhas favoritas:

          Curtido por 1 pessoa

          1. Tinha vindo reler seu comentário e percebo que não tinha visto que você tinha enviado mais dois comentários depois que eu respondi (pelo menos o outro que você enviou me recomendando a Tuyu chegou, então acabou que eu respondi sua pergunta sem sequer ter visto esse :P). De qualquer forma, como também não tinha visto, ambos não sabemos lidar com a seção de comentários kkkkkkkkkkkkk. Eu tinha dito antes, mas repito, essa música também é a minha predileta dela, obrigado por digitar dois comentários só para que a minha inutilidade não impedisse que eles chegassem até mim, isso me deixou bem feliz ^^.

            Curtido por 1 pessoa

Comenta aí, meu povo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s