Indicação - game, Traduções

NIGHTSHADE – Os ninjas também merecem amar!

Eaê povo, tudo em riba?

Certo, então a Xícara apareceu aqui com mais uma recomendação de otome game.

Falando sério, o que vocês achavam que ela tava fazendo na quarentena? Estudando? Sendo criativa e terminando vários projetos de vida? Claro que não. Ela tava é se afundando em videogame.

Então, no meio tempo entre Touken Ranbu, o mobage de Hypmic, aquela maravilha que é Trails in the Sky e o sexto jogo de Professor Layton (que eu tô economizando apesar de tudo; e sim, só estou jogando agora), decidi voltar pra Nightshade, um otome game que eu tinha começado no fim do ano passado e não terminado, afinal era meio de semestre e eu tava sendo pisoteada pela vida. Pode não ser a maior obra-prima na face dessa terra, mas não demorou muito pra eu estar COMENDO, BEBENDO E RESPIRANDO o jogo em questão, e isso explica por que eu comecei a escrever sobre ele antes mesmo de ter acabado. Me aguentem.

Aliás, se você quiser saber de onde eu tirei o brilhante subtítulo desse post, é uma adaptação livre daquela música que o título traduzido era algo nas linhas de “Even as a Female Ninja, I Want to Love”. Resquícios sombrios da minha adolescência regada a Vocaloid, e eu não pude deixar de lembrar dela quando vim escrever, mesmo que ela não tenha oficialmente nenhuma relação com esse jogo. Sim, Nightshade é um otome game de ninjas. Eu adoro a criatividade dessa indústria.

  • Obs.: se você não sabe o que é um otome game, fiz uma explicação resumida no começo do meu megapost de Hakuouki – outra franquia que vale a pena conferir, aliás. Eu vou acabar citando muito Hakuouki nesse post porque também é um otome game de época, mas no geral eles são bem diferentes.
  • Obs. 2: a partir daqui vou usar mais o termo shinobi do que “ninja”, porque sou chata mesmo; o próprio jogo usa shinobi.
  • Obs. 3: sinto que usei a palavra “eu” muito mais vezes que o socialmente aceitável nesse post, então fiquem avisados que virou um texto muito pessoal. Opinião tem esses problemas.

pc_1920_1080_hyakka
Não gosto muito dessa imagem porque falta gente, mas é o que deu.
  • Título original: Hyakka Hyakurou – Sengoku Ninpou-chou (百花百狼 戦国忍法帖)
  • Ano de lançamento: 2016 (JP); 2017 (ENG)
  • Plataformas: PS Vita (apenas JP), PC (JP/ENG), Nintendo Switch (JP/ENG/ZH)
  • Gêneros: ação, drama, aventura, histórico, romance, ~ninja~. Ah, pode pôr tragédia nisso aí também.
  • Links úteis: Site oficial (JP), site oficial (ENG), página no VNDB, Steam (o aviso de NSFW no jogo é por causa do sangue, morte e sofrimento; não é putaria)

Sinopse

Se você já assistiu Basilisk (eu nunca acabei, shame on me) ou entende um pouco dos paranauê ninja, sabe que costumavam existir duas prestigiadas aldeias de shinobi no Japão: os Kōga e os Iga. Em 1581, Oda Nobunaga destrói a aldeia de Iga, e os sobreviventes se dispersam. Até aqui é a história de verdade. Ou assim disse a Wikipédia.

Aqui começa a trama do jogo: em Nightshade, os remanescentes de Iga são acolhidos por Kōga; Enju Ueno, nossa protagonista, é a filha do líder de Kōga com a irmã do líder de Iga, o símbolo de paz e união entre as duas aldeias. Apesar de ser treinada como shinobi como todos os outros, Enju é protegida durante toda sua vida, não saindo da vila por dezesseis anos. Eis que, um dia, Kōga recebe uma missão importante mas de baixo risco, e Enju é enviada junto com seus amigos para Kyoto. É a chance perfeita da sua estreia como shinobi.

Isso é, até as coisas começarem a dar errado. MUITO errado. Tão errado que Enju é acusada de alta traição, deserdada pelo pai, condenada à pena capital, caçada por grupos de shinobi por todo o país e transformada em peão de uma disputa política. Tudo isso depois de três ou quatro dias de trabalho.

E lá se vai Enju, a fugitiva, longe de tudo e todos que ela conheceu a vida toda, tentando entender como se meteu nessa furada e sem experiência nenhuma pra sobreviver sozinha nessa situação por meses a fio. Só que, é claro, é de um otome game que estamos falando: por sorte ainda existem algumas pessoas dispostas a ficar do lado dela.

Vídeo de abertura pra vocês babarem um pouco com o visual dessa coisa. Tem também a versão em japonês, mas não faz muita diferença já que as duas são basicamente iguais. Esqueci de falar que esse jogo só tem tradução em inglês, como sempre (oh well).

Eu acho que aqui é o máximo que eu posso falar sem dar um pouquinho de spoiler. Então, se você gosta de jogar sem saber quase nada da história de antemão, eu sugiro que você pare aqui.

Não, eu não vou contar final de rota nem nada assim. Se você quer saber, até o vídeo de abertura tem spoiler. São coisinhas pequenas que são contadas bem no começo do jogo, mas tem gente que prefere não saber e eu respeito. Você foi avisado.

Certo, vamos para a identidade dos moçoilos muito cavalheirescos que vão ajudar nossa pequena shinobi inexperiente a não morrer:

status2
Tô com preguiça de arranjar imagem decente então vocês vão ficar com a tela de status do jogo.

Da esquerda pra direita (e coloridinho pra não confundir), temos:

  • Gekkamaru (voz: Wataru Hatano) é amigo de infância e guarda-costas oficial da Enju. Meio capacho, porém pessoa fofíssima. Propenso a ter ataques de nervos, mas sabe manter a calma em emergências. Basicamente só consegue conversar em keigo. Cozinha bem. Tá pronto pra casar já.
  • Kuroyuki (voz: Hiro Shimono) é o irmão mais novo do Gekkamaru. Gosta da Enju desde criança, mas passou oito anos fora de casa em missão e acabou de voltar. Cara de cachorrinho perdido por fora, arma de destruição em massa por dentro.
  • Chōjirō Momochi (voz: Kousuke Toriumi) é primo e professor da Enju. Irmaozão do grupo, mas vai te destruir se essa for a missão dele. Sério demais pro próprio bem. A única pessoa que oficialmente tem cabelo colorido nessa bagaça, apesar de tudo. Surpreendentemente emotivo e gente boa nos dias de folga.
  • Hanzō Hattori (voz: Kenjirou Tsuda) é simplesmente o melhor shinobi do país e líder dos shinobi da casa de Tokugawa. A princípio não tem nenhum motivo particular pra querer a Enju viva, mas o mestre dele tem (então já viu, o trabalho pesado sobrou pra ele). Poker face impecável e fã de cebolinha com missô. Vomita bons conselhos de vida, mas não segue nenhum. Meu divo.
  • Goemon Ishikawa (voz: Hikaru Midorikawa) é um autodenominado “libertino de Kyoto” durante o dia, com uma identidade secreta de noite. Fez amizade com a Enju e ficou com pena do azar dela. Apesar de parecer irresponsável, é possivelmente a pessoa mais sensata do jogo todo. Às vezes até mais que o Hanzō.


Eu não preciso falar de como a arte desse jogo é maravilhosa porque isso vocês já devem ter percebido sozinhos (embora ela perca um pouco da magia em telas muito grandes). Também acho fantástico o cuidado com os sprites dos personagens: em vez de espelhar as imagens, como acontece com a maioria dos jogos (fazendo com que coisas assimétricas como cicatrizes e roupas acabem invertidas), praticamente todos os personagens importantes têm sprites diferentes virados pra esquerda, direita e pra frente (e até pra trás). Deve ter ficado mais caro pagar o ilustrador, mas pra mim isso vale muito a pena (obs.: espero que eles realmente tenham pagado pro ilustrador o que ele merece – aliás a arte é feita por Teita, que também foi responsável por Norn9).

E sim, até a protagonista tem vários sprites. Ela alterna entre aparecer no cantinho da tela, do lado das falas, e na parte principal, junto com os outros personagens. É uma mudança que eu aprecio em relação a outros jogos do gênero, em que a protagonista quase nunca aparece e você até esquece a cara dela.

sprites1
Essa é a Enju. Prazer. Você não vai esquecer a cara dela, vai por mim.

Falando nos sprites, o jogo faz questão de mexer eles pra lá e pra cá de acordo com a história. Não é uma animação mas é o mais próximo disso quanto possível; pelo menos não fica monótono durante as lutas. Outra coisa que eu achei uma bênção foi em relação ao nome da protagonista: não sei se vocês costumam alterar o nome padrão quando jogam otome game (eu geralmente não altero), mas se você deixar como “Enju” do jeito que está, os outros personagens FALAM o nome dela. Sim, com todas as letras. Adeus excessivas variações de kimi, anta, anata, omae, ano ko, kanojo, aitsu ou ainda aquele silêncio constrangedor na dublagem. Eu recomendo fortemente que você deixe o nome padrão; deixa algumas cenas bem melhores.

Certo, são cinco marmanjos cavalheiros, portanto cinco rotas. Todas elas têm basicamente a mesma proposta, então é possível que você enjoe um pouco. Por outro lado, existem diferenças entre elas, então prepare-se pra passar raiva porque você nunca sabe em quem pode confiar dessa vez (se bem que depois de uma ou duas você já começa a pegar o jeito). Nenhum personagem some totalmente em nenhuma rota, mas como acabam com um papel diferente, alguns têm a participação até que bem reduzida.

Falando na história, mas sem entrar em detalhes, temos também um certo mistério pra resolver. Minto, você não precisa quebrar a cabeça pra resolver nada porque o jogo vai acabar te contando, então não é nenhuma grande história de detetive. Mas, se você quiser, pode tentar descobrir os “culpados” e os “motivos” antes disso. E sim, ao contrário de Hakuouki, por exemplo, a história gira muito em torno da protagonista. Ela não é só uma espectadora. Isso talvez dê alguns pontinhos de mary sue pra ela, mas nada que destrua a sua experiência.

Olha, até que eu me apeguei a esse povo.

De qualquer forma: DRAMA, muito drama. As rotas são uma caixinha de surpresas: algumas se resolvem super bem, outras simplesmente matam metade do elenco de uma vez só. Isso sem falar nos bad ends, e aqui eu preciso fazer um parêntesis:

Eu geralmente sou um utensílio de cozinha bem insensível, que não se deixa abalar por essas coisas. Eu vi todos os personagens de Hakuouki morrerem pelo menos umas dez vezes cada um e sobrevivi (e muito bem, obrigada). O único jogo que eu chorei no final na vida foi o terceiro de Professor Layton (ok, também foi difícil não chorar em The Prison Boys). Eu geralmente não tô nem aí com final triste, e acho que algum dia vou pro inferno por isso. Essa é a Xícara de verdade, sinto dizer.

Só que MESMO ASSIM alguns dos bad ends MISERÁVEIS desse jogo conseguiram me deixar mal (especialmente o do Goemon e o do Hanzō). Não sei se é realmente porque esse jogo é destruidor ou porque eu tô ficando mais sentimental com a ~idade~ (tava relendo Pandora Hearts esses dias e TÁ LOUCO MEU não lembrava de ser tão doloroso assim). Talvez seja pela tendência que Nightshade tem para a destruição – não sei explicar essa frase, mas “destruição” é a palavra que me vem à cabeça quando eu penso nas tragédias desse jogo. Alguma coisa sempre é destruída e não volta mais. Não sei se fiz sentido.

Enfim, eu sou bem fraca com drama de época e meio viciada em Sengoku (diz a lenda que se você falar “Oda Nobunaga” três vezes e balançar uma katana, a Xícara brota do seu lado em cinco segundos). Alguns personagens de Nightshade até são baseados em pessoas de verdade e alguns acontecimentos são reais, mas não acredite em todos os fatos que ele te dá e nem espere aprender muita coisa de história. Só pra dar um exemplo, nesse ano em que se passa o jogo (1598 – ano 3 de Keichō), Tokugawa Ieyasu devia ter 55 FUCKING ANOS. Sim, deram uma rejuvenescida nele.

gojuugosai no ossan
Meu amigo me fala o que você usa na pele.


Tá, vou falar um pouco da protagonista, embora não tanto quanto eu planejava antes (escrevi quase que uma tese; ficou horrível então vou resumir).

Pergunta: o quão inútil é Enju Ueno afinal?

Meu hobby de fim de semana é comparar protagonista de otome game pra ver quem é mais inútil (ninguém ganhou da Heroine de Amnesia ainda, change my mind). No caso da Enju, é capaz de você ficar um pouco decepcionado por chegar esperando uma ~motherfucking ninja~ e encontrar uma ~ninja gentil~. Só que isso não faz dela uma inútil completa; pelo menos ela não me irrita. Minha lógica é mais ou menos essa:

  • Ela é ingênua, inexperiente e está numa situação difícil. Sem falar que a infância dela foi complicada. Então ela comete erros. Muitos. E depois, na situação dela, ser gentil realmente é um problema.
  • Cometer erros e ser inútil às vezes não faz dela uma protagonista ruim. Muito pelo contrário.

Em resumo, pelo menos ela é minimamente desenvolvida como personagem. O próprio jogo fala sobre o desenvolvimento dela em alguns momentos, com todas as palavras, e isso também varia de uma rota pra outra. E depois, ela geralmente tem um desejo genuíno de se aperfeiçoar e poder andar com as próprias pernas, o que é mais que eu posso dizer de certas pessoas de Hakuouki (desculpa Chizuru, eu não te odeio mas você é meio lerda às vezes). A Enju pelo menos ganha pontinhos por ser esforçada.


Ok, falei de coisas técnicas e do jogo em geral. Agora vamos pra parte que importa. Sim, você me ouviu bem: a parte que importa. Em outras palavras:

POR QUE DIABOS EU DECIDI RECOMENDAR ESSE JOGO

TAMBORES POR FAVOR, OLHA O SUSPENSE

Primeiro de tudo, quero que vocês olhem essa imagem aqui embaixo. Não me aguentei de curiosidade e fui dar uma olhadinha na página de conquistas desse jogo no Steam pra ver quais rotas eram mais populares. Resultado: eu rachei de rir.

achiev3
AHEUHAEUHAUEHAUHEUAHEUAHEUAHE TÔ RINDO ATÉ AGORA (apreciem minha edição maravilhosa e tremendamente tendenciosa dessa imagem)

Como está bem claro, por uma maioria ~quase~ esmagadora, nosso vencedor é o Hanzō. Ok, o povo pesquisa ordem sugerida de rotas e isso influencia; a maioria deve decidir fazer o Gekkamaru no fim então é por isso que ele tá por último, etc etc. Variáveis e mais variáveis. Não muda o fato de que MAIS DA METADE do povo que comprou esse jogo já fez a rota do Hanzō. Só dá ele no topo da lista. E isso quando a maior parte dos tutoriais sugere que você comece pelo Goemon. E qual a minha opinião sobre esses mais de 50% dos jogadores?

Pois eu digo que essas pessoas estão CERTÍSSIMAS, porque essa rota foi uma das melhores coisas que me aconteceram esses dias.

Foda-se que ele é um tiozão com o dobro da idade da Enju; aliás foda-se o mundo. Se as outras rotas variam entre, digamos, uma nota 7 ou 8 (numa escala de 1 a 10), pra rota do Hanzō eu daria um 10 redondo. Ou 11. Ou 100. É disso que eu tô falando.

“Ai, lá vai a Xícara sendo fangirl e parcial de novo.”

OK, eu admito que sou parcial pra caramba. O dublador do Hanzō é o Tsudaken. Pessoas que me conhecem sabem que eu sou alucinada pela voz do Tsudaken, então até aqui sem novidades. Se eu vim jogar esse jogo justamente por causa dele? Talvez. Se o Hanzō já virou meu personagem favorito desde a primeira rota que eu joguei? Muito provavelmente. Se eu tava com uma expectativa absurda pra rota dele? Com certeza. Então sim, eu sou muito tendenciosa. Mas o que importa aqui é: com uma expectativa desse tamanho, eu tinha quase certeza que ia me decepcionar no final. E adivinha só? Não me decepcionei. Foi tudo o que eu esperava e ainda melhor.

Não é o caso de explicar o que é tão bom assim nessa rota, afinal isso aqui é uma indicação e não uma análise (não tenho essa energia toda pra fazer análise, sinto muito), mas posso dizer que: desenvolvimento e relações entre os personagens, o desenrolar da história, o desfecho e até as cenas fofinhas; em resumo, TUDO foi muito bem feito. Falando sério, quem escreveu essa rota devia ganhar um prêmio. Eu fiquei besta por uma semana depois de jogar ela, isso porque não conseguia entender o que era aquela maravilha que eu tinha acabado de ver (ok, aqui acho que eu já tô exagerando; vocês entenderam).

RATS
Percebi que não tinha nenhuma imagem pra colocar aqui, então vou preencher espaço com um print do meu husbando sendo mal humorado em público (eu ri muito nessa hora e nem sei mais por quê; acho que era a dublagem)

Antes que alguém ache que a Xícara é uma deslumbrada (talvez eu seja??), tenho que dizer em minha defesa que a hipnose é coletiva. Uma passada rápida por páginas de discussão sobre esse jogo vai te mostrar como existem várias pessoas com essa mesma opinião. Então, se alguém duvidar da minha afirmação de que “meu Deus essa é a melhor rota de otome game que eu já joguei na minha vida”, saibam que eu não fui a primeira e nem serei a última a dizer isso.

(Pera que eu preciso tomar um fôlego antes de continuar *respira*)


Bom, chega de falar de uma rota só; vamos falar de todas.

Ordem sugerida de rotas

Se é recomendação de ordem pras rotas que vocês querem, sinto dizer que não existe uma resposta fácil. Todas as opções são boas por um lado e ruins por outro. Quer dizer, cada pessoa deve ter uma ordem que funciona melhor, mas isso vai de cada um então não tem como eu saber. Vou dar duas sugestões que talvez funcionem:

  • Goemon -> Hanzō -> Chōjirō -> Kuroyuki -> Gekkamaru (é basicamente a ordem em que eles são listados oficialmente só que inversa; de verdade, eu não sei direito de onde eu tirei essa)
  • Goemon -> Chōjirō -> Kuroyuki -> Hanzō -> Gekkamaru (ordem sugerida por esta Xícara que vos fala)

Vou até explicar um pouco do porquê de eu sugerir essa ordem, mas aí vou ter que falar um pouco mais a fundo. Não chega a ser spoiler, mas leia por conta e risco.

Se quiser uma opinião mais bem fundamentada em relação à ordem de rotas, continue lendo. Se não, pule para depois das próximas letras vermelhas gigantes.

Certo, a coisa é a seguinte: a história de Nightshade não acontece exatamente igual em todas as rotas. Antes de você me olhar com cara de “sério, gênio?”, deixa eu explicar: fora as mudanças óbvias que dependem da sua escolha, a trama em geral é diferente de acordo com a rota. Algumas delas vão numa direção parecida, e nesse sentido dá pra classificá-las em dois grupos. Pra facilitar a explicação, vou abusar da terminologia de Mystic Messenger (embora não seja totalmente apropriada aqui) e chamar esses grupos de casual story e deep story:

  • “Casual story”: Goemon, Hanzō e Kuroyuki
  • “Deep story”: Chōjirō e Gekkamaru

Da minha experiência limitada no assunto, essa proporção 3:2 é até que bem comum em otome games (por exemplo, outro que também faz isso é Cinderella Phenomenon). No caso de Nightshade, você não precisa desbloquear nenhuma rota nem jogar as do mesmo grupo uma em seguida da outra. A ordem é livre. Mas, da minha experiência e de outras pessoas que vi nessa vasta internet (e que fique bem claro que isso é ALTAMENTE SUBJETIVO), talvez seja uma boa ideia jogar:

  • Chōjirō antes do Gekkamaru e
  • Goemon antes do Hanzō antes do Kuroyuki

Isso porque as rotas do Gekkamaru e do Kuroyuki contam coisas importantes. Mesclando os dois grupos (embora isso talvez embaralhe sua cabeça um pouco, é melhor), surge a tal ordem padrão: Goemon -> Hanzō -> Chōjirō -> Kuroyuki -> Gekkamaru.

Aí vem a minha opinião de intrometida. Passei a droga do post inteiro gritando que nem uma doida sobre a rota do Hanzō, e eu tenho a tendência de deixar as coisas que eu gosto mais pro final pra aumentar a expectativa (e ficar com um gosto melhor na boca depois). Daí surge a minha ordem: Goemon -> Chōjirō -> Kuroyuki -> Hanzō -> Gekkamaru.

Se você quiser mudar a ordem por conta própria, alguns pontos que talvez seja bom considerar:

  • Em geral sugere-se deixar o Gekkamaru por último. Caso não tenha percebido, o nome dele vem primeiro na lista oficial. Tá na cara que ele é o main boy.
  • O Kuroyuki conta coisas importantes, então é bom não começar com ele. Há quem diga que é melhor deixar ele por último, mas aí vai da sua vontade.
  • Não recomendo deixar o Chōjirō nem em primeiro e nem por último. Vai por mim.
  • Repito pela enésima vez que nesta casa idolatramos Hattori Hanzō. As coisas que você descobre na rota do Hanzō são importantes mas meio que extras. É legal deixar mais pra frente mas não é essencial.
  • O Goemon é uma boa rota pra começar, embora eu goste muito dele e isso vá contra minha regra geral. Mas né, sobrou pra ele.

Ou você pode me ignorar completamente e fazer a ordem que quiser. Vai na fé.

ACABOU O POTENCIAL SPOILER. PODE LER SEM MEDO A PARTIR DAQUI.


Resumo da ópera:

  • Arte fantástica, mas talvez não na tela cheia (aliás vai por mim: não coloque na tela cheia, buga tudo);
  • Bom design de personagem, na minha humilde opinião;
  • Prepare-se pra passar nervoso e raiva. E pra chorar. Much drama;
  • Hanzō;
  • Protagonista até que não tão inútil; pelo menos ela é coerente e sabe subir em árvore;
  • A trilha sonora até que é boa. Eu não tinha falado isso ainda.
  • Também esqueci de falar que a UI é meio bugada, então talvez você passe um pouco de raiva pra pular o texto já lido ou olhar o histórico. Salve frequentemente;
  • Hanzō;
  • Longas viagens e muita floresta. A Enju é meio lerda pra andar mas fora isso ok;
  • Dramas de ninja, mas até que bem realistas;
  • Ah, a tradução é ok também. Tem errinhos pra lá e pra cá, mas pelo menos eles conservam os honoríficos (mas às vezes errado?) e usam mácron direito. O estilo de fala dos personagens ficou bom;
  • Hanzō;
  • Tem o Goemon também;
  • E o Gekkamaru;
  • Quero dar um chute na bunda do Kuroyuki mas ao mesmo tempo quero abraçar;
  • O Chōjirō é meio porta às vezes mas ok;
  • Já falei Hanzō?

Melhor eu parar por aqui. Já enchi tanto a expectativa de vocês que daqui a pouco aparece o povo reclamando que a rota não era tão boa assim (melhor assim, sobra mais do husbando pra mim).

Anyway, se só a história principal não for o suficiente pra você, tem também cenários bônus pra desbloquear nos extras, além da DLC e da trilha sonora pra comprar. Fuçando por essa vasta internet, também dá pra achar o drama CD dessa coisa, embora eu não tenha tido coragem de ouvir ainda.

A impressão final que me ficou desse jogo é: ele tem problemas, vários; mas eu não consigo deixar de gostar dele. Fico até com saudade dos personagens.

(e depois ele tem o Hanzō, quem sou eu pra julgar o resto?)


Anyway, eu podia acabar por aqui, mas decidi ser trouxa mais uma vez e trazer um pequeno extra:

Extra: Tradução das vozes de sistema dos menus

Se você abrir o jogo, vai perceber que os personagens falam algumas frases espirituosas enquanto você navega nos menus, mas essa parte infelizmente não foi traduzida (mesmo no jogo em inglês), embora dê pra achar traduções de fãs em inglês por aí. Você pode configurar para ouvir sempre o mesmo personagem ou deixar no modo aleatório. Como eu deixo no aleatório, acabei ouvindo cada frase várias vezes e praticamente decorando, então achei melhor tirar algum proveito disso e traduzir logo. Pensei em vários jeitos de enfiar essa tradução no post sem ocupar um espaço gigantesco, mas não consegui encontrar nada melhor que essa organização em tópicos. Aproveitem~

  • Não repostem pelamordedeus (pareço uma neurótica falando isso toda vez).
  • Lembre-se que eu transcrevi e traduzi de ouvido, então pode ser que algumas palavras não estejam 100% certas.
  • Espero que pela tag de “traduções” desse post vocês não tenham achado que eu fosse traduzir o jogo todo. Sinto desapontar, mas aí já seria um pouco demais.
  • Não quero ninguém perguntando por que cargas d’água eu traduzi o ojou-chan do Goemon mas não o nee-sama da Kasumi. Ceis querem consistência na tradução então comecem a me pagar (huehue).
  • Agradecimentos especiais pro meu tomodachi nichiboii, que me impediu de cagar completamente uma das falas do Hanzō.

Legenda: GekkamaruKuroyukiChōjirōHanzōGoemonEnnosukeKyaraKasumiIeyasu

Menu principal ao iniciar o jogo (igual para todos):

  • 百花百狼 戦国忍法帖
    • Cem flores e cem lobos – os registros de artes ninja do Sengoku

(obs.: esse é o título original do jogo. Sei lá de onde eles tiraram “nightshade”)

Novo jogo

  • お会いできて嬉しいです。さあ、参りましょう。
    • Fico feliz em poder encontrá-la. Vamos partir.
  • 待ってたよ。ほら、速く一緒にやろう。
    • Eu tava te esperando, viu? Rápido, vamos juntos.
  • 支度はできているな。では始めるとしよう。
    • Já está tudo pronto? Então comecemos.
  • 来たか。では覚悟を決めて武器を取れ。
    • Chegou, é? Então se prepare e pegue suas armas.
  • さあ始めようか。準備はいいかい、お嬢ちゃん。
    • E aí, vamos começar? Já está tudo pronto, mocinha?
  • ほおっ、今から遊ぶのか。そんじゃ、行こうぜ。
    • Olha só, vai começar a jogar? Então tá, vamos!
  • じゃ、ちゃんと付いてきて。始めるわよ。
    • Bem, então me siga. Vamos começar!
  • お出かけですか。分かりました。
    • Está de saída? Entendido!
  • 旅の始まりですね。では、参りましょう。
    • É o começo de uma jornada, não? Partamos.

Carregar jogo:

  • お待ちしていました。では、お手をどうぞ。
    • Estava lhe esperando. Por favor, sua mão.
  • 速く来ないから寝ちゃってたよ。今日はもう、離れないでね。
    • Você não veio logo então acabei dormindo. Hoje você não vai mais embora, tá?
  • 疲れてはいないか。ならばこちらに来るといい。
    • Não está cansada? Nesse caso, venha cá.
  • また会ったな。ならば送れず付いてこい。
    • Nos encontramos de novo. Então venha logo e me siga.
  • 俺に会いに来たのかい?なんてね。ほら、速くおいで。
    • Veio me ver? Que coisa. Certo, venha cá.
  • ったく、待ちくたびれたぜ。速く行くぞ。
    • Caramba, eu cansei de esperar! Vamos logo.
  • あら、また来たの?じゃ、早速行きましょう。
    • Ora, aqui de novo? Então vamos indo logo.
  • あっ、待ってください。急いで準備しますね。
    • Ah, espere, por favor! Vou me apressar com os preparativos.
  • またお会いしましたね。では、こちらへ。
    • Parece que nos encontramos novamente. Pois bem, por aqui.

Extras:

  • 頑張った成果が、ここで確認できるようです。ご一緒してもよろしいですか。
    • Parece que aqui é possível ver os resultados do seu esforço. Eu poderia acompanhá-la?
  • ご褒美っていい響きだよね。俺にも見せてよ。
    • “Recompensa” soa bem, né? Mostra para mim também.
  • お前の努力した結果だ。自信を持ちなさい。
    • É o resultado do seu esforço. Tenha orgulho de si mesma.
  • お前の日頃の成果、見せてもらおう。
    • Vamos ver os resultados do seu trabalho diário.
  • ここにはお宝がたくさんありそうだね。一緒に見てもいいかい?
    • Parece que aqui há muitos tesouros. Posso ver junto?
  • これがお前の頑張った成果だ。思う存分見とけよ。
    • Estes são os resultados do seu esforço. Olhe o quanto quiser!
  • 頑張ったご褒美ね。あなたも結構やるじゃない。
    • São recompensas pelo seu esforço. Até que você não é má nisso, hein.
  • ここでは、姉さまへのご褒美があるそうです。霞も、見ていいですか。
    • Parece que aqui há recompensas para você, nee-sama. A Kasumi também pode ver?
  • 私も見ていいのですか。では、すこし覗かせてもらいましょう。
    • Eu também posso ver? Muito bem, darei uma espiada.

Galeria:

  • あなたの色々な表情が見られるなんて、とても素晴らしいですね。
    • De fato, é realmente maravilhoso poder ver as várias expressões do seu rosto.
  • どれ見るの?俺は、お前のかわいい顔が見たいなあ。
    • Qual vamos ver? Eu quero ver a sua cara fofa.
  • 記憶が形に残っているというのは、いいものだな。
    • É uma boa coisa que as lembranças sobrevivam em forma de imagens.
  • それほど楽しいものとは思えんが、見たいのならは速くしろ。
    • Não acho que seja tão divertido assim, mas se quer ver então vá logo.
  • 色々あって面白そうだね。お嬢ちゃんはどれが好きだい?
    • Tanta coisa aconteceu, parece que foi divertido. E você, mocinha? De quais gosta?
  • さあてえ、かっこいい俺はどこにいるかなあ。
    • Ceeerto, onde será que eu encontro a minha estilosa pessoa?
  • 一緒に振り返ってみる?きっと楽しいわよ。
    • Quer relembrar junto? Prometo que vai ser divertido.
  • えっ、霞もいるんですか。恥ずかしいです。
    • Hã?! A Kasumi também está aqui?! Que vergonha!
  • 私もどこかにいるのですか。はっ、それは知りませんでした。
    • Eu também estou aqui em algum lugar? Ora, disso eu não sabia.

Memórias:

  • あなたと共に、思い出を振り返りたい。だめ…でしょうか。
    • Gostaria de relembrar algumas memórias ao seu lado. Será… que eu posso?
  • ええ、思い出が見られるなんて便利だね。俺も一緒に見たいなあ。
    • Puxa… poder ver suas memórias é bem prático. Eu também queria veeer.
  • お前とならば、過去を振り返るのもいいだろう。
    • Se for junto a você, relembrar o passado também pode ser bom.
  • 過去を振り返るのか。まあ、たまには悪くない。
    • Relembrar o passado, é? Bom, de vez em quando não faz mal.
  • お嬢ちゃんとの思い出なら、何度だって振り返って見たくなるね。
    • Se forem as lembranças junto a você, mocinha, tenho vontade de revê-las várias vezes.
  • 思えば、いろんな所に行ってるんだなあ。で、どれが見たいんだ?
    • Pensando bem, estivemos mesmo em vários lugares. Então, qual você quer ver?
  • 思い出が見られるなんて素敵ね。あたしにも見せて。
    • Que maravilhoso, poder ver suas memórias! Deixe-me ver também.
  • 皆との思い出でいっぱいですね。
    • Puxa, há várias lembranças com todo mundo.
  • 過去の思い出を見るのも楽しいものですね。
    • Ver suas lembranças do passado também é divertido, não?

Trocar nome

(eu não vou mentir, essa parte foi a mais sacal de traduzir)

  • こちらでよろしいですか。
    • Este lhe agrada?
  • 名前、これでいいの?
    • Esse nome tá bom?
  • これで大丈夫か。
    • Está bom assim?
  • これで間違いないな。
    • Sem dúvida é esse, não?
  • これで合ってるかい。
    • Este combina?
  • これでいいのか。
    • Esse aqui tá bom?
  • この名前で合ってる?
    • Este nome combina?
  • こちらのお名前で大丈夫ですか。
    • Este nome está bom?
  • これで合っていますか。
    • Será que este combina?

Confirmar nome

  • 素敵な響きのお名前です。それでは、始めましょう。
    • É um belo nome. Então, comecemos.
  • じゃあ行こっか。
    • Então vamos?
  • 準備は整ったな。ではよろしく頼む。
    • Já está tudo em ordem? Então conto com você.
  • では参る。気は抜くなよ。
    • Então partimos. Não se distraia.
  • かわいい名前だね。よし、それじゃ行こうか。
    • Que nome adorável. Certo, então vamos.
  • 決まったな。じゃ、行くぜ。
    • Tá decidido, então. Vamos lá!
  • 完了したね。じゃあ、はじめましょう?
    • Feito? Vamos começar?
  • それでは、よろしくお願いします。
    • Então boa sorte!
  • 決まりましたね。では、どうぞよしなに。
    • Está decidido, então. Em frente; rezo pelo seu sucesso.

Configurações:

  • 設定変更ですね。どのようにされますか。
    • Sim, vamos alterar as configurações. Como faremos?
  • 設定変更ねえ。じゃあ、手伝ってあげよっか。
    • Vai mudar as configurações, né? Então acho que vou te ajudar.
  • 設定を変更したいのか。行ってみなさい。
    • Quer mudar as configurações? Vá e experimente.
  • 設定変更か。手短に済ませろ。
    • Vai mudar as configurações? Seja breve.
  • 設定を変えるんだね?よしっ、あんたの希望通りにしよう。
    • Vai mudar as configurações, hein? Certo, vamos fazer do seu jeito.
  • なんか変えんなら、俺も手伝うぜ。
    • Se vai mudar alguma coisa, eu ajudo.
  • 設定変更ね。どんな感じにするの?
    • Vai mudar as configurações? Como vai ser?
  • 何か変えるんですか。えっと、霞、ちゃんと覚えますね。
    • Vai mudar algo? Certo… a Kasumi vai lembrar direitinho!
  • おや、設定変更ですか。詳しく聞きましょう。
    • Ora, vai alterar as configurações? Vamos ouvir os detalhes.

Bônus:

Esse “bônus” é a fala extra que os cinco principais dizem ao voltar pro menu principal, logo após rolarem os créditos do good end. É um bônus mesmo, então não se esqueça de prestar atenção até depois do fim dos créditos. Como é mais ou menos um spoiler, eu deixei o texto em branco; selecione para poder ler (AVISO: todas as frases são bem bregas. Se eu ri enquanto traduzia então você também pode rir).

  • Gekkamaru: 護衛役としておそばにいられたこと、とても幸せでした。ですが、これからは恋人として、あなたを守り支えていくと誓います。
    • Poder estar ao seu lado como guarda-costas me deixou muito feliz. Porém, de agora em diante, juro me dedicar a protegê-la como seu namorado.
  • Kuroyuki: お前のこと、離れてた時も、ずっと考えてた。だからこうしてそばにいられて、幸せなんだ。もう、二度と離れないよ。
    • Eu sempre estive pensando em você, mesmo quando estávamos separados. Então fico feliz em poder ficar assim, ao seu lado. Não vou mais te soltar, tá?
  • Chōjirō: お前は何よりも大切な存在だ。気づくのに時間がかかってしまったが、その分これからは、私のすべてを掛けてお前を愛し抜こう。
    • A sua existência é mais importante que tudo para mim. Demorou um pouco para que eu percebesse, mas de agora em diante, em compensação, dedicarei todo o meu ser para amá-la imensamente.
  • Hanzō: お前との出会いが、俺の人生を変えた。これからは、忍びとしてではなく、一人の男として、お前の隣で生きていこう。
    • Conhecer você mudou a minha vida. Daqui para frente, pretendo viver ao seu lado não como shinobi, mas como um homem.
  • Goemon: これまでの旅も楽しかったけど、今度は本当の夫婦(めおと)として、いろんな景色を一緒に見ようじゃないか。さあ、俺の手を取って贈れ。
    • A viagem até agora também foi divertida, mas, da próxima vez, que tal vermos vários lugares juntos como um casal de verdade? Certo, me daria a honra de segurar sua mão?

Agora acabei mesmo (e não aguento mais, diga-se de passagem). Vou lá me afundar em outro jogo (de verdade mesmo, eu devia estar estudando mas né).

~Xícara entra de volta no armário da cozinha e desaparece~

19 comentários em “NIGHTSHADE – Os ninjas também merecem amar!”

  1. ALERTA DE SPOILER (tem um botão pra fazer isso? Dever ter, mas eu sou meio atrasada nessas tecnologias…)

    Goemon: Mds eu gostei muito dele, muito mesmo, mas infelizmente só do personagem, a rota dele foi um tanto… Sem sal pra rota de um auto nomeado libertino (cá entre nós, o libertino de Steam Prison é incrível e tem uma rota divina e talvez por isso eu tenha ficado um tiquinho mais decepcionada do q deveria. Cof cof Steam Prison é muito bom hehe), de onde diabos esse povo tirou q nós otomeiras ficaríamos satisfeitas com libertinos só passando a mão na cabeça de protagonista a rota inteira? Humph!
    Oh! Eu acho tão fofa a amizade q ele desenvolve com o Gekkamaru…

    Chojiro: Prefiro não falar nada não

    Kuroyuki: Eu me dei um diazinho de folga pra me recuperar da rota anterior antes de começar essa kkkk. O começo da rota dele foi mágica, ainda mais dps da do Chojiro, eu saia pela casa sorrindo igual boba, apesar de já saber q o Kurouyki era o verdadeiro assassino ainda dava pra passar o pano. Em algum momento entre “kdê o Kurouyuki!?” e “eu não sei se isso que há entre nós é amor…”, eu perdi o encanto, mas a rota foi bem envolvente, no fim eu mal esperava os personagens terminarem suas falas (coisa que eu não costumo fazer, acho q ngm) de tanta ansiedade. O final ruim dele foi o único que eu chorei como outro sentimento que não ódio.

    Hanzo: Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
    MDS
    Que homem. QUE HOMEM!
    Eu até quase gostei da Enju na rota dele (eu ia tirar esse “quase”, mas não deu… Desculpa Enju…)
    As cgs dele são tão tão lindas… Ele é tão lindo… MDS q homem lindo e bom… (eu não resisti falar que ele é bom dps de uma rota inteira da Enju falando que ele era bondoso o tempo todo kkkkk)
    A cena na caverna!? Quase chorei de felicidade
    Ele indo “salvar” ela do Goemon
    Ele não matando os amigos dela por ela e vice versa?!
    Aaaaaaaaaaa foi tudo lindo
    Vc tem razão no seu post quando diz q o jogo pode ser revoltante às vezes, mas tem o Hanzo então quem somos nós pra reclamar.
    Eu realmente tô muito feliz de vc ter feito toda aquela propaganda, não tenho certeza, mas acho que teria dropado o jogo dps da rota do Chojiro e nunca conhecido esses lados lindos do Hanzo se não fosse por esse incentivo
    Obrigada S2

    Gekkamaru: Hm… Eu fiquei com medo da rota dele dps de ter descoberto as poções que a mãe da Enju fazia na rota do Hanzo, tudo indicava com setas neon o iminente desastre. Confesso que entrei no jogo duas vezes pra começar a rota dele e acabei indo direto pra galeria ficar admirando o Hanzo e isso me custou dois dias sem fazer nada no jogo além de admirar o Hanzo kkkkkk
    Quando eu finalmente comecei, eu fiquei implorando aos céus que aparecesse o velhote sem sangue e quando eu vi que minhas orações não foram ouvidas, eu demorei ainda mais um pouco pra fazer a rota dele, me vesti com todo tipo de colete contra emotividade e… E aí eu vi a Kyara chorando e o colete não serviu pra nada. Sem falar no Chojiro…
    Crlh eu tinha ficado tão orgulhosa da Enju por uma fração de segundo qnd ela disse q ia matar o pai e o velhote no final. Eu jurava q ela ia vender a alma pro diabo e se vingar lindamente com as flores do ninjutsu dela pegando fogo e… Tá, exagerei. Mas foi só o básico ressuscita e salva a amada mesmo.

    Apesar de tudo, qnd vejo a abertura de Hanzo sinto um certo orgulho por ter jogado, foi uma experiência muito Hanzo (novo sinônimo de maravilhoso) e… é isso kkk

    (Desculpa pelo textão T-T)

    Curtido por 1 pessoa

    1. Dá até medo o quanto eu concordo com basicamente tudo que você falou HUAHSUAHUSHAUHA

      ALERTA DE MAIS SPOILERS (nah, eu também só sei esse jeito manual de fazer kkkkk)
      – Do Goemon eu acho que mesmo essa coisa de ele ser um “libertino” é meio que uma fachada. Ele vive por baixo de várias fachadas (que vontade de fazer meme disso) e acho que isso faz parte. Sei lá. Não sei mais o que eu tô falando HUAHSAS
      – Tembém tenho zero comentários sobre a rota do Chojiro.
      – Eu GOSTO do Kuroyuki, mas a rota dele não sei… É complicado.
      – Rachei demais na parte do “quase gostei da Enju”. Depois de anos xingando aquela anta de Amnesia e passando pano (sem sucesso) pra Chizuru de Hakuouki, a Enju até que é bem normal.
      – Eu rezava toda vez pra aquele cara NÃO aparecer morto, olha a inocência.
      – Foi realmente uma experiência muito Hanzo (vou adotar).
      – Eu tive que pausar o jogo, levantar e ir dar uma andada antes da cena da caverna, porque eu quase tive um treco quando vi pra onde aquilo tava indo. Meu kokoro não aguenta.

      De resto, eu é que agradeço por ter lido e entrado nessa junto comigo ❤❤
      Saber que eu consegui arrastar mais uma pessoinha me deixa muito feliz (e com mais vontade ainda de jogar otome game, maldito vício).

      Curtido por 1 pessoa

      1. (Cof cof eu indico Steam Prison para acariciar seu vício *sussurrando baixinho*)

        MDS agr eu imaginei um post seu de Steam Prison
        Acho que eu choro viu
        Faço até pipoquinha e chocolate quente kkkkk

        Curtido por 1 pessoa

        1. (de boas porque eu também fiz propaganda implícita de hakuouki huehuehuehue)

          Meu Deus mulher, não me tenta desse jeito KDMKSKDFJBKDJFDKADGBFDF
          Mas quando eu finalmente conseguir jogar Steam Prison você provavelmente vai ficar sabendo. Tenho um pressentimento.

          Curtir

  2. Jesus Cristo amada, vc me deixou com tanta expectativa pra rota do Hanzō q eu nem sei mais se ligo o fds e começo logo pela dele pra não morrer de ansiedade ou se uso a sua lista de meio q deixar ele por último…
    Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa estou seriamente pensando no primeiro, mas a razão pede pelo segundo
    Ahem, enfim
    A postagem faz tempo, mas se vc ainda não tiver jogado, queria indicar Steam Prison
    Soltando purpurina aqui só de poder falar do jogo kkkk
    Aaaaaaaaa lindíssima referência de MysMes hohoho

    Curtido por 1 pessoa

    1. Opa mais uma pessoa pro harém do Hanzō KDFJGDKJFHKJDGNKJNKJFGNKDJNGKDFJGNKDFJ
      Piadas à parte, eu também sempre tenho esse problema, mas acabo deixando pro final mesmo porque sei lá, tô acostumada. Mas pensa assim, se você começar pelo Hanzō, ainda pode jogar a rota dele de novo depois de acabar todas as outras (se tiver vontade; eu sei porque eu tive).
      Ok, vou parar de aumentar sua expectativa porque senão pode dar ruim. Ainda assim, espero que goste do jogo~

      Steam Prison tá na minha lista já faz algum tempo, tô só esperando uma promoção camarada (e terminando uns outros jogos já começados). De qualquer forma, é bom saber que alguém gostou, porque até agora não tinha ouvido muita coisa sobre ele. Vou ficar de olho.
      (Grr que saudade de Mystic Messenger, mas aquilo tomava muito tempo da minha vida D: )

      Curtido por 1 pessoa

      1. Que dúvida cruel… Aaaaaaaaaa
        Tudo bem
        Eu vou deixar ele em penúltimo
        Vou sobreviver. Solém

        Steam Prison eu joguei praticamente por causa de uma única imagem que eu vi em um post. Entrei recentemente na onda de Otome pra PC graças a uma amiga, então posso ser meio suspeita pra falar sobre ele pq foi meu primeiro e não tenho muita experiência. Eu não tinha pesquisado nada sobre outros jogos, acho q se tivesse não teria jogado ele pra início de conversa, pelo menos não tão cedo, já que ninguém fala muito dele. Mas eu posso te dizer com toda a certeza que é LINDO (e não é só sobre o enredo e as rotas e os machos maravilhosos, a protagonista também é incrível, okay que ela é meio tonga da cabeça às vezes, mas a gente passa o pano facilmente… às vezes). Senhor que saudades. Ah, se e quando você for jogar, não desista na última rota (do Yune) enquanto estiver jogando, talvez quando vc chegar lá vai estar tão apaixonada pelo jogo quanto eu e não vai nem cogitar nisso e esse comentário vai ser inútil, mas… Mesmo que pareça que o diretor teve um pequeno episódio de alucinações durante a produção dessa rota, não desista! Seus esforços serão recompensados. Muito bem recompensados.

        Ok, empolguei kkkkkk
        (Além de muito tempo, muito espaço no celular kkkkkk)

        Curtido por 1 pessoa

        1. Agora fiquei curiosa com Steam Prison huashuahsuhas
          Otome games foram a perdição da minha vida, mas eu não me arrependo nem um pouco de ter entrado nessa. Mas tem razão, a maioria das pessoas começa por títulos mais famosos, como Hakuouki ou Amnesia (eu mesma comecei por Hakuouki, tanto que fiz o outro post lá; Amnesia eu vou me abster de recomendar). Mesmo Nightshade não é muito conhecido.

          Enfim, forças pra aguentar a expectativa e bom jogo~

          Curtido por 1 pessoa

              1. Enrolei enrolei e nada de jogar o bendito Hanzo até hj kkkkkk
                Mas pretendo começar essa semana e chegar na rota do Hanzo o mais rápido possível hohoho

                Já agradeci por esse post maravilhoso? Eu estaria perdida sem ele

                Curtido por 1 pessoa

                  1. Hohohoh terminei!

                    Dividir meu tempo entre jogar Hanzo, escrever (sou amadora, mas ainda exige tanto do meu tempo… T-T) e terminar os finais ruins de MysMes (Deus sabe o quanto isso exige cálculos matemáticos exorbitantes pra quem não quer gastar as ampulhetinhas tudo) foi tão difícil… Mas cá estou e adivinha… Caí igual patinho no harém do Hanzo.

                    Eu fui fazer a última rota pensando o tempo todo “Tá, mas kdê o Hanzo?” (mentira, o tempo todo é exagero pq o Gekkamaru foi fofinho, se eu ignorar umas coisinhas ali e outras acolá tá tudo certo.).

                    Se importa se eu der um feedback das rotas? Prometo ser breve (quanto a do Hanzo eu não prometo nada), preciso surtar pra fora kkkkkk

                    Curtir

                    1. ORA ORA ORA MAIS UMA INTEGRANTE PRO HARÉM HOHOHO YOUKOSO~

                      Digo isso mas estou feliz, significa que a minha propaganda estava certa e funcionou huahsuahuash
                      (e nossa, você conseguiu fazer os finais ruins de MysMes? Eu não tive coragem)
                      Simm o Gekkamaru é ótimo mas ele não tem como competir com o Hanzo, dá até dó.

                      É isso e pode desabafar, manda aí! (só não esquece de marcar spoiler pros leitores mais desavisados)
                      (ah talvez você queira fazer um comentário novo? Essa conversa já tá ficando sem espaço na formatação dos comentários huashuahsuah)

                      Curtido por 1 pessoa

  3. Na metade do posto já estava completamente apaixonada pelo Gekkamaru. Obrigada Xícara, estava tentando ser produtiva e tudo mais, mas agora serei assombrada por esse jogo até que eu desista de tudo e me afunde nele.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Gekkamaru é uma criança preciosa que merece ser protegida de tudo nesse mundo. Aprovo sua escolha *aceno de cabeça satisfeito*
      E é sempre um prazer destruir a produtividade das pessoas. A minha já era faz tempo. Venha para o lado negro da força (temos homens 2D).

      Curtido por 1 pessoa

  4. aaaaaaa que raiva xícara!

    Eu queria dar reboot na minha vida e seguir uma rota que me permitisse saber que eu deveria ter focado em aprender inglês no passado e ter coragem de ir jogar esses joguinhos!

    EM UM UNIVERSO ALTERNATIVO EU SUPER ME VEJO MEGA VICIADA NESSAS COISAS!!! Mas nesse eu passo longe! O clássico “Deus me livre, mas quem me dera” ahusdhas

    Aff! eu fico revoltada!

    Perdão, em nome da minha saúde mental eu geralmente faço um esforcinho para não ler seus posts sobre otome game (ou qualquer coisa potencialmente viciante que uma de vocês publique), mas esse me deixou curiosa e eu não me aguentei! O QUE UM AVISO DE CONTEÚDO SENSÍVEL NÃO FAZ COM A CURIOSIDADE DO SERUMANO NÃO É MESMO? kkkkkkkkk

    Me imagine lendo isso.
    Na parte que tem a apresentação dos personagens, foi algo tipo:

    – hmm amigo de infância, ok..
    – Tá… o bebê do grupo sera?
    – Legal esse roxinho .. mais velho.. goxto
    – EITA POHA É ESSE! OI VAMOS ALI QUE EU VOU PROCURAR MAIS IMAGENS SUAAS RAPAZ DE VERDE
    [muitos minutos depois….]
    – Ah tinha esse aqui ainda! Libertinho hein hmmm
    (lembrei do aviso que pensamos ser putaria e comecei a rir sozinha aqui)

    segue lendo o resto do post…

    você diz que o Hanzō tem a rota mais jogada eu:
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK MAS QUE POVO ÓBVIO MDS!
    NÃO JULGO, EU FARIA O MESMO!

    chega na parte das traduções:
    Tirando os sobe e desce que tive que ficar fazendo (até lembrar que dava para duplicar a guia) pra ver os nomes de cada cor que tem na legenda foi uma experiência ótima!

    AI MDS XICARA! Essa parte Extra foi um mimo muito apreciado por mim, reles mortal que só sabe o português e uma pitadinha bem insossa de inglês e espanhol e olhe lá!

    OBRIGADA! Deu para ter um gostinho da experiência!

    O POST TA MARAVILHOSO! COMO SEMPRE! VOCÊ ARRAZA!
    Espero que esteja tudo de boas ai no armário da cozinha o/

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ai meu Deus Mih, assim eu até fico com vergonha (≧◡≦)
      Olha, às vezes eu também me arrependo de ter me metido nesse vício, mas a essa altura não tem mais o que fazer. Meu sonho é eles começarem a lançar otome game em português pra eu poder viciar ainda mais gente. Ah, também queria te parabenizar pelo seu bom gosto na hora de escolher potenciais husbandos KKKKKKKKKKKKK (mas sério, quem em sã consciência não escolheria a criatura mds).
      E fiquei muito feliz de você ter lido e gostado da tradução! (não tinha nem pensado que podia servir de prévia pra quem ainda não jogou, fiquei ainda mais satisfeita de ter feito) Mas realmente, a formatação não ajuda. Eu quebrei a cabeça pra deixar de um jeito fácil de ler e mesmo assim ainda tem problemas.
      E nunca mais vou poder ver esse aviso de conteúdo sensível sem dar risada hausdhaushduashd sua culpa inteiramente.

      Curtido por 1 pessoa

Comenta aí, meu povo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s