Major vs Diamond no Ace, por qual começar?

Olá! Como vai? Tudo ótimo? Tudo bem?

goro a

Finalmente estou de férias e posso me dedicar ao blog!

Sou uma eterna viciada em animes de esportes. Entretanto, não era entusiasta de obras envolvendo baseball devido ao fato de não conhecer muito o esporte – na verdade, achava meio chato. Então, em um belo dia conheci Major e Diamond no Ace. Vi e li ambas obras recentemente, então podem ter certeza que o conteúdo está bem fresco na minha cabeça para fazer uma indicação decente. 

Enfim, a pergunta que não quer calar: por qual começar? Major ou Diamond no Ace?

COM TODA CERTEZA, DIAMOND NO ACE.

Isso aqui não é ditadura, mas como não posso dar spoilers: apenas confie em mim. Essa dica é bastante preciosa… se pretende conhecer as duas obras, não comece por Major, justamente porque seu julgamento inicial de Diamond no Ace será afetado pelo simples fato de Major ser superior (na minha humilde opinião) – apesar de Diamond no Ace ser muito, mas muito bom.

Major não é um clássico, é quase que uma lenda.

major-manga-500x250

A temática é a mesma, mas a abordagem e, principalmente, os protagonistas de ambas obras são extremamente diferentes. Confesso que Diamond no Ace se tornou um dos meus animes preferidos, especialmente pela ótima direção do estúdio e desenvolvimento de personagens, mas não posso negar a superioridade de Major em termo de enredo. Todavia, levem em consideração minha dica, porque uma vez que assistirem Major primeiro, quando forem conhecer Diamond no Ace, infelizmente, vão começar comparar demais, criar esteriótipos demais e criar expectativa demais.   

Tenham em mente que ambas as obras são MUITO BOAS e são dignas de boas notas no MyAnimeList. Abaixo, explicarei os motivos da minha decisão ressaltando os pontos fortes e fracos de cada um. Preparados? #Sóvem!

images

.

DIAMOND NO ACE:

ace-of-the-diamond

.

► Sinopse (MyAnimeList):

Com um arremesso que perdeu completamente o controle, Eijun Sawamura perde seu último jogo de baseball do ensino fundamental. Frustrado por essa derrota, Eijun e seus companheiros prometem chegar ao torneio nacional quando estiverem no ensino médio. Mas tudo muda quando uma mulher o convida inesperadamente para a prestigiada Seidou High School de Tóquio, depois de ver o potencial em seu estilo de arremesso incomum. Incentivado por seus companheiros de equipe, Eijun aceita a oferta, pronto para melhorar suas habilidades e jogar em um nível muito mais competitivo de baseball. Lá ganhará um rival chamado Satoro Furuya em que disputará o título de “ace” do time, enquanto enfrentam juntos diversos time do Japão.

.

► Ficha técnica:

Mangaká: Terajima, Yuuji. Demografia: Shounen. Gênero: Comédia, Esportes. Estúdios: Production I.GMadhouse. A primeira edição do mangá foi lançada em 17 de Maio de 2006.

Temporadas:

.

► Pontos fortes:

Dinâmica incrível, personagens espetaculares. Uma das coisas que mais me encantaram em Diamond no Ace foi a intensidade dos figurantes, não importa se é protagonista ou coadjuvante, os personagens têm alma. E tá aí uma coisa que Major peca feio quando se trata da construção geral, mas Diamond no Ace ressalta: personalidade marcante independe se você é protagonista ou não. Sabem o quanto isso é raro na indústria?? Meu Deus, isso é tão interessante! É uma área que poucos animes exploram, já que na maioria das vezes parece que estamos assistindo um show solo… mas Diamond no Ace é diferente, o autor te faz lembrar de cada time pela personalidade de seus integrantes que, na maioria das vezes, é bem distinta e mais confiante que os próprios protagonistas. Em suma: o mangaká te faz pensar “eu gosto daquelas caras e quero vê-los novamente em um jogo!”. Esse anime tem uma didática extremamente coletiva, o que torna o enredo muito dinâmico e divertido. 

TREINADOR

Sabem como isso é 110% estimulante? Minha ansiedade ataca de um jeito assustador, porque começo pensar não apenas no crescimento dos personagens principais, mas sim do enredo geral e como seria incrível um jogo que o time adversário estaria melhor. Isso nunca aconteceu comigo, foi uma experiência inédita pensar que x e y personagem têm um fucking potencial para serem protagonistas melhores que os atuais, mas a vontade de ver os reais protagonistas apanharem e se desenvolverem durante os jogos é bem maior. Sadismo puro, eu sei. 

aaa

Se bem que a culpa não é minha de sentir esse tipo de coisa estranha, visto que os personagens secundários e adversários são tão bem trabalhados que é quase que impossível não admirá-los, porque no fundo a gente sabe que eles dariam ótimos protagonistas e que, sobretudo, não estão ali apenas para encher linguiça na história. Eles possuem uma coisa chamada PRESENÇA. Querendo ou não, esse anime me lembrou bastante a atmosfera de Haikyuu. 

clipboard5-horz-vert

Outra coisa estranha sobre Diamond no Ace que vale a pena ressaltar: geralmente, em obras de baseball, qual papel o protagonista ocupa? O de arremessador, lógico. É ele que normalmente dita o ritmo do jogo e é considerado o “às” do time. EM DIAMOND NO ACE NÃO!!! AAAA COMO ISSO É LEGAL PQP! Apesar do protagonismo tender bastante para o Sawamura, visto que aparentemente a história é focada nele, quem faz mais sucesso no anime não é ele.  

Com a fé de quem viu o anime e acompanha o mangá semanalmente, digo sem sombras de dúvidas: o protagonista é o Sawamura, mas o real trunfo de Diamond no Ace é o receptor. Mano, isso é algo tão esquisito e ao mesmo tempo tão autêntico. Não sei se isso mudará daqui uns anos de publicação, mas explorar o enredo por esse ângulo foi algo bastante inteligente. A influência dessa perspectiva excêntrica de Diamond no Ace foi tão marcante, que posso dizer com clareza que o único pecado do clássico Major é não ter um personagem tão bom quanto o Miyuki.

clipboard2-horz

Quer conhecer o dono desse olhar sádico? Saca só esse AMV de 54 segundos… 

Na moral, eu não tenho uma queda por esse homem… tenho um tombo mesmo.

Ainda sobre o receptor de Diamond no Ace: durante o anime inteiro não existiu nenhum personagem que chegasse aos pés do Miyuki ou que exalasse uma aura de autoconfiança de “quem manda nessa merda sou eu”. Muito diferente de Major, que o protagonista (arremessador) faz o que bem entende e o receptor apenas precisa ter a destreza de pegar seus arremessos, em Diamond no Ace ocorre o oposto… quem dita o ritmo do jogo é o receptor, não importa se o arremessador quer se expor, bancar o herói ou querer uma disputa pessoal, o importante é o resultado do jogo e quem decide as estratégias é o receptor. É uma espécie de sociedade, não uma performasse solo como vemos em Major. Isso gerou muitos desacordos no anime, mas quando se trata do Miyuki… as atitudes dele são tão honestas que chega ser chocante. Ele não tem pena, não mede palavras e é muito realista.

“Isso não é uma disputa pessoal. Se não vai me dar o arremesso que eu quero, saia daqui.”

Tapa-na-cara

E O MAIS LEGAL é que essa atmosfera de parceria entre o arremessador e o receptor criada em Diamond no Ace é passada de geração em geração. Eles não são prodígios e mesmo se fossem, entendem que estão ali trabalhando juntos.

sawa

Achei isso tão bonito e simbólico, porque uma das primeiras mensagens ditas no anime é que o receptor tem o papel fundamental de aprimorar as habilidades do arremessador e encorajá-lo a ultrapassar seus limites. Além disso, o desenvolvimento dos personagens é tão rico que não gira apenas em torno do Miyuki, Sawamura, Furuya e etc. Os personagens secundários são tão bons quanto eles, motivo pelo qual faz desse anime uma produção agradável de se assistir, porque raramente veremos um protagonista que carrega sozinho seu time nas costas. Em suma, todos ali se sustentam e mantêm o equilíbrio do enredo… até mesmo o técnico do time, que tem um papel singular na obra.

que homem

O papel do treinador em Diamond no Ace é a base do desenvolvimento da história, visto que atribuem a ele uma espécie de responsabilidade em guiar o time para a vitória. Diferentemente de Major, que não explorou muito esse lado, já que o Goro foi técnico de si mesmo por muito tempo e sempre fez o que quis. 

EDIT: Sobre o Sawamura… Pensa em uma criatura preciosa. Esse menino é um dos protagonistas mais interessantes que vi nos animes. Gente do céu, ele é muito doido. Sabe aquele tipo de personagem otimista super non sense? É ele. Acreditem, VOCÊS VÃO RIR MUITO COM ELE NO ANIME, MUITO, MAS MUITO MESMO ASHUAHSAUSHUH é quase que impossível não gostar desse personagem, porque sua personalidade é contagiante demais. Diferente do Goro, ele não é um gênio, mas é essa característica que nos faz gostar dele ainda mais. Nós vemos o esforço jorrando da alma da criatura, o que nos faz simpatizar bastante com a trajetória do personagem em tentar se aprimorar como jogador. No anime ele vai demorar um pouco para brilhar como um verdadeiro protagonista, mas no mangá… amigos, lá o campo tá feito.

sawamura

Quanto aos aparatos técnicos: a produção é tão boa que às vezes assusta. Nada novo sob o sol quando temos um combo poderoso de Production I.G Madhouse. As cenas do anime são muito bem dirigidas, quase nenhum momento é desperdiçado, o que abre espaço para colocar todas as cenas legais do mangá no anime. A produção ficou muito dinâmica e gradável, acho que vocês entenderão melhor quando assistirem. Existirão alguns personagens coadjuvantes interessantes, porém comentar além do que estou escrevendo aqui estragaria a experiência de vocês.

► Pontos fracos (listarei em tópicos para não dar muitos spoilers):

  1. Visão limitada do baseball. Como assim? Aparentemente, a meta dos personagens acaba no colegial. 
  2. Não tem uma figura solidificada de protagonista por assim dizer. É interessante? É, mas ao mesmo tempo é muito confuso e acaba gerando frustração. Espero que melhore com mais anos de publicação.
  3. Pouco aprofundamento da história dos personagens.

OBS: Ignorando os pontos fracos, esse anime é quase que perfeito. Eu perdi as contas de quantas vezes o revi na minha vida. É MAIS VICIANTE QUE HAIKYUU (to falando sério, gente!).

images

.

MAJOR:

major omg

.

► Sinopse (MyAnimeList):

A história de Major segue a vida de Gorou Honda, desde o jardim de infância até ser um jogador de baseball profissional, buscando e superando desafios tremendos.

.

► Ficha técnica:

Mangaká: Mitsuda, Takuya. Demografia: Shounen. Gênero: Comédia, Esportes, Drama. Estúdios: Studio Hibari, SynergySPA primeira edição do mangá foi lançada em 13 de Julho de 1994.

Temporadas:

.

Pontos fortes:

Major é um dos melhores animes de esportes que já vi na minha vida. Dito de passagem, é uma joia dos animes de esportes, justamente por ser completo. E quando digo completo, falo em ser completo de verdade.

Os sonhos do protagonista começam na infância,

goro12-horz

estendem-se na adolescência

goro14-horz

e se mantêm na vida adulta, de modo que o personagem possa mostrar toda sua carreira profissional.

goro16-horz

Entendem como isso é algo precioso? Quantos animes pecam nesse tipo de enredo e mostram apenas a vida colegial dos personagens? Até com meu amado Slam Dunk foi assim, mas em Major o negócio é diferente… porque o personagem decidiu almejar o mundo e não apenas o Japão. Diferente dos personagens de Diamond no Ace, Goro praticamente nasceu respirando baseball.

goro6

Isso motivou o personagem a ser uma espécie de fanático pelo esporte. Sinceramente, o fanatismo dessa criatura é de outro mundo e quanto mais vemos ele jogar, parece que estamos andando no vale da morte. ELE NÃO TEM ESCRÚPULOS. 

Há quem não goste de Major devido ao protagonista, mas não existe pessoa no mundo capaz de chamar esse cara de incompetente. O mangaká simplesmente vendeu uma imagem de protagonismo não muito popular nos roteiros que encontramos por aí: um cara impulsivo, impaciente, arrogante, inconsequente e com ar de superioridade pairando sobre a cabeça como se fosse um Deus. Sim, esse personagem existe e ele é um protagonista de anime shounen. E por mais que alguém chegue a odiá-lo no processo, é inegável que existirão momentos que nossa reação vai ser tipo:

“MAS QUE P04&2@#%! ESSE CARA É MESMO UM DEUS??”

7f2

DETALHE: Isso aqui não é Prince of Tennis, Tsubasa ou Kuroko no Basket! Tem poderzinho nessa merda não, o negócio é na base do instinto e na fé. Tô falando isso, porque daqui a pouco do jeito que as coisas andam vai ter anime de esportes usando até Chakra e Nen.

Acharam que acabou por aí? Não, o surto vai ser ainda maior quando presenciarem as coisas de fato, já que esse personagem é inconsequente. E já que estamos falando do Goro, é irrelevante usar eufemismo… porque ele é um cara completamente insensato, maluco e irresponsável consigo. Sabe aquele tipo de pessoa que a única coisa que importa é ganhar? Ele não tá nem aí pra nada, desde que ganhe. Foda-se o mundo, a saúde, as pessoas, o oxigênio que ele respira, ele é tipo um Luffy da vida: colocou um objetivo na cabeça? Nem reza forte tira. E quando alguém tenta ajudá-lo, é isso que ele responde… 

“Obrigado pelo aviso, mas eu tenho uma doença que não me permite pensar no futuro. Além disso, um cara que não consegue fazer o que precisa ser feito hoje, com certeza não conseguirá fazê-lo amanhã.”
goro10-horz
RESUMINDO: VAI TER UM MOMENTO (VÁRIOS MOMENTOS) QUE VOCÊS VÃO QUERER MATAR ELE PELO PRÓPRIO BEM DELE. PORQUE A LÓGICA NÃO FUNCIONA COM ESSE DESEQUILIBRADO E O AUTOR DESSA PORCARIA NÃO TEM PIEDADE, JÁ QUE ELE TEVE A FUCKING CORAGEM DE… omg me controlei pra não dar spoiler kkkkk 

robert

Enfim, acabei falando muito do Goro e pouco da produção do anime em si. Foi de propósito. Mentira, não foi. A verdade é que foi sim, já que o anime inteiro será desse jeito, pois o foco é o protagonista. Aliás, você deve estar se perguntando: existe trabalho em grupo nesse anime? Sim, mas não como em Diamond no Ace, porque a figura central aqui é o Goro. E por mais que alguns personagens coadjuvantes existam e sejam legais, como é o caso dos amigos de infância dele e alguns rivais, em todo momento o autor deixa bem explícito que eles apenas existem para melhorar o desempenho do protagonista e ainda que o anime possua uma visão ampla da vida, a obra explana uma lógica individualista – apesar de Major mostrar o lado coletivo do esporte.

Para um anime shounen isso soa muito presunçoso, não é mesmo? Pois é. Mitsuda, Takuya criou um enredo pretensioso demais com um protagonista mais pretensioso ainda. Goro é tão intenso, mas tãooo intenso que por vezes nos deixa perplexos com suas atitudes…

“Com minhas próprias mãos vou desenhar meu próprio futuro, nem que seja à força!”

Sabe aquele tipo de personagem que vai e faz independente das consequências? É ele. Goro criou seu próprio futuro de uma maneira difícil e meio (muito) absurda, com apenas um único objetivo na cabeça:

goro1

Deus do céu, lembro que todo jogo era um mini infarto e isso fazia com que eu ficasse bastante eufórica. Afinal, não é todo dia que encontramos esse tipo de protagonista fanático. Não que isso não exista em Diamond no Ace, mas o nível em Major é hardcore… tanto que já percebemos isso no início do anime, em que registram muito bem e em detalhes a vida do Goro na infância. Não é 1 episódio ou 3 sobre a infância dele, é uma temporada inteira. Dito isso, já dá para imaginar o quanto o enredo desse anime foi bem explorado e distribuído, pois existem cerca de 6 temporadas (cada uma contendo 25-26 episódios). 

Como já explanado anteriormente, eles não menosprezaram a infância e história pessoal do Goro, diferentemente de Diamond no Ace que sequer sabemos a história pessoal dos personagens em si e sua relação intrínseca com o baseball. Nada muito aprofundado. E, caso exista uma provável explicação da história de alguns personagens no futuro, podem ter certeza que eles não gastariam 1 temporada inteira fazendo isso. 

goro29-horz

Outra coisa interessante em Major é referente a qualidade de estúdio e direção, que apresentaram um bom desempenho durante minha maratona. A primeira temporada, por exemplo, é de 2005, mas a direção daquilo ficou tão boa que nem me incomodei com a animação “antiga”. Aliás, as temporadas só vão melhorando com o tempo, a quinta mesmo… MDS! PERFEITA! A trilha sonora também não deixou a desejar. Pode parecer até loucura, mas acompanhar Major desde o início é muito satisfatório, pois como o autor trabalhou em uma linha cronológica, é como se estivéssemos acompanhando a evolução de uma criança e vendo-a crescer agarrada em seu sonho até a vida adulta. É uma experiência espetacular. Querendo ou não, isso nos torna mais apegados com o protagonista desde o começo do enredo.

Contudo, uma das partes mais legais desse anime é quando o protagonista fodão com síndrome de superioridade finalmente entra na carreira profissional e descobre que não é tão bom assim. Que falta melhorar muito. E daí a ficha cai de vez, porque Goro sente na pele que um time não pode ser sempre sustentado por uma única pessoa, caso contrário a vitória não é garantida, visto que existem muita gente boa em time bom fora do país.

sh2-horz

Goro fará muitas amizades e inimizades durante sua trajetória. Existirão muitos personagens coadjuvantes preciosos e um deles é seu amigo de infância chamado Sato Toshiya. Lógico que existirão outros personagens legais, mas Sato vai ser um dos secundários que mais aparecerão durante o anime de Major e, incrivelmente, em Major 2nd (posteriormente irei explicar a conexão no final do post). Enfim, foquem nessa relação linda de amizade aqui, porque esses caras vão ter muita história pra contar.

clipboard1-horz

Um negócio curioso é que tanto os fãs de Major como Diamond no Ace tentam comparar o Toshiya com o Miyuki, aquela rivalidadezinha besta de quem é o melhor receptor. Apesar do Toshiya ser um personagem maravilhoso, a maioria dos fãs de baseball que assistiram ambos animes, tendem a preferir a figura do Miyuki… justamente porque esse cara é uma espécie de Goro receptor kkkkk estrategista sádico, fanático e competitivo até a alma. Talvez falte apenas um pouco disso no Toshi. A galera não compara o Sawamura com o Goro, porque néh… fãs que me perdoem, mas não tem nem o que comparar. 

Outra diferença crucial entre o Sawamura e o Goro é a paixão pelo esporte. Enquanto o Sawamura fica fissurado na blusa do “Às” do time, o Goro não tá nem aí. Para o Goro tanto faz se ele é o “Às” do time, se é arremessador, se é receptor, se é rebatedor, foda-se, o que importa pra ele é jogar. Simples assim. E isso fica bem claro no anime. O amor pelo esporte supera qualquer obstáculo. Repetindo: QUALQUER OBSTÁCULO que surja na vida desse homem. Não tem como não admirar esse cara sem noção, até quando tá apaixonado só fala besteira e coisas de baseball. 

goroo

Enfim, falei muita coisa sobre Major e acho que deu para perceber minha paixão pelo anime. É uma obra consagrada sobre o tema, visto que é muito bem feita. Por essas e outras, indico Diamond no Ace primeiro – já que muita gente vai começar comparar demais e não conseguirá aproveitar o anime na íntegra. Major é um anime inesquecível e vai da experiência pessoal de cada um. É aquela coisa: ama ou odeia, mas se odiar não tem nem como sair dizendo que o enredo é ruim. Assistam, vocês vão gostar muito. Aliás, não comentei nada sobre o drama presente na história, caso contrário, isso aqui seria uma chuva horrenda de spoilers .  

.

 ► Pontos fracos:

  1. Obra muito focada no protagonista, então peca um pouco no desenvolvimento dos personagens secundários.

OBS: não é necessariamente um ponto fraco, mas uma vez que você começa assistir não tem mais como parar e isso pode afetar muito sua saúde kkkk

images

.

BÔNUS (sobre Major):

Como vocês já sabem, Major possui 6 temporadas, além de alguns OVAS e especiais que indico veemente também. Entretanto, em 2018, lançaram um anime inédito chamado Major 2nd. Qual a diferença? Para a surpresa de todos, Major 2nd se trata de um anime com os filhos dos personagens de Major, ou seja: veremos em ação os filhos do Goro, Toshiya e etc.

2nd

E antes que venham me dizer algo sobre Major 2nd, de antemão eu já aviso:

MAJOR 2ND NÃO É UM BORUTO DA VIDA! 

Sei que serei odiada por alguém aqui, mas não esperem encontrar aquele tipo de conduta e enredo ridículo de Boruto em Major 2nd. Goro teve dois filhos e um deles quer seguir o caminho do pai, a questão é que o protagonista (Daigo) não tem talento nenhum para o baseball. Leram isso? Gente, foi um choque kkkk o menino simplesmente parece que não herdou os genes do pai, mas mesmo assim é apaixonado pelo esporte.

DAIGO

A verdade é que parece que o autor mudou de estratégia nesse novo projeto, é como se tivesse entrado numa vibe de tipo “Foda-se o talento nato, eu vou fazer esse menino sofrer TUDO o que o pai não sofreu.” E MDS, EU SINTO UMA VONTADE ABSURDA DE ADOTAR O DAIGO PORQUE ÔH GENTE… O BICHINHO SOFRE PRECONCEITO DEMAIS! É como um amigo comentou comigo esses dias “Esse daí vai ter que ralar muito no sol, é como se tu fosse filho de um Deus e o mundo provasse que você é mortal.” 

Major 2nd tem uma proposta diferente de Major e isso torna o anime muito mais atraente de se assistir, porque ficamos torcendo descontroladamente para que essa bendita criança não desista. A gente começa criar teorias e pensar em uma perspectiva fora da caixa, porque dessa vez o protagonista não é um gênio, é uma pessoa normal tentando conquistar seu espaço no mundo. Vale a pena assistir cada segundo. Vou parar de comentar, caso contrário será spoiler na certa. 

No mais, assistam as obras na sequência que recomendei. Vocês não irão se arrepender. O máximo que pode acontecer é alguém vier me culpa pelo vício kkkk

DETALHE: NÃO ASSISTAM MAJOR 2ND ANTES DE MAJOR! NÃO FAÇAM ISSO. É PRATICAMENTE UMA BLASFÊMIA! VOCÊS VÃO PEGAR SPOILERS FORTES.

 

Observação básica:

Não se preocupem se vocês não entendem como funciona o esporte (baseball) de fato, isso não vai impedir de gostarem dos animes. Eu, por exemplo, não sabia NADA sobre o esporte e fui aprendendo com o tempo. Os animes são didáticos e autoexplicativos. Todavia, vez ou outra ia na internet procurar alguns termos técnicos, mas só isso mesmo. No mais, vão na fé que a satisfação é garantida.

 

Espero que tenham gostado do post e que tenha sido útil para alguém que estava em dúvida por qual obra começar!

 

AVISO:

Se você não viu ou leu Major, não leia os comentários desse post PELO AMOR DE DEUS! TEM SPOILERS SÉRIOS E ISSO PODE ESTRAGAR A EXPERIÊNCIA DE VOCÊS! ESTEJAM AVISADOS!

(Mds, eu nunca usei esse tamanho de fonte aqui…)

 

 

– See you space cowboy

11 Respostas para “Major vs Diamond no Ace, por qual começar?

  1. NESSE COMENTÁRIO TEM SPOILERS
    NESSE COMENTÁRIO TEM SPOILERS
    NESSE COMENTÁRIO TEM SPOILERS
    NESSE COMENTÁRIO TEM SPOILERS
    NESSE COMENTÁRIO TEM SPOILERS
    NESSE COMENTÁRIO TEM SPOILERS
    NESSE COMENTÁRIO TEM SPOILERS

    Goro >>>>>>> Sawamura

    Adorei o post. É como você disse, não tem nem comparação. A gente tá falando de um cara destro que quebrou o braço na infância e virou canhoto pra poder voltar a jogar baseball. Depois de adulto, lesionou o braço esquerdo e não pôde ser mais arremessador, mas se recuperou e voltou a jogar como rebatedor. Esse cara é insano! Eu ainda fico besta com gente tentando equiparar Major com Diamond no Ace, isso deveria ser um crime kkkkkkkk também compartilho a opinião sobre o Miyuki, único personagem que gostei de verdade em Daiya.

    Curtido por 1 pessoa

    • Você não sabe o quanto eu me controlei pra não falar nada, daí vem você e fala tudo em um comentário só kkkkkkkkk

      Obrigada por vim comentar no post! É bem raro encontrar pessoas que assistiram ambos os animes. Adoro Diamond no Ace, mas Major é uma lenda pura e ninguém pode negar. O Goro é REALMENTE um puta protagonista, mesmo depois de velho o cara continua apaixonado pelo que faz. Amo demais esse anime, principalmente depois de Major 2nd, que diferentemente de Boruto, não defasou a imagem do antigo protagonista e o tratou como um qualquer. Na vdd, Goro virou uma inspiração tanto para os filhos, como para a próxima geração.

      Curtido por 1 pessoa

    • Ótimo post. Eu acho que o fato de algumas pessoas preferirem Diamond no Ace se deve a Sawamura, porque o personagem é muito mais parecido com as pessoas do que o Goro. O público dos animes se vê mais representado pelo Sawamura, que trabalha mais do que o Goro pra conseguir ser pelo menos útil. Apesar de toda a dureza enfrentada, Goro faz mais o tipo gênio. Diamond no Ace é definitivamente ótimo, mas Major ainda é melhor. Aquele final de Major, com a música da primeira abertura, a montagem, a foto no retrato, depois de todos aqueles anos de transmissão do anime, mostrando a vida inteira do Goro, o anime o acaba muito bem, é realmente uma grande obra.

      Curtido por 2 pessoas

      • Confesso que possuo um carinho especial por Diamond no Ace, mas Major sempre será melhor no meu ponto de vista. É um anime completo do início ao fim. Agora estou acompanhando a trajetória do filho do Goro e mds… tá sofrido, mas to gostando.

        Aliás, obrigada por vim comentar no post! xD

        Curtir

    • Chris senpai é minha outra paixão. Meu Deus do céu, esse homem é foda demais! Ele que inspirou o Sawamura a ser oq é hoje. Queria muito ver mais cenas dele! ❤

      Curtir

  2. Eu tenho que confessar que também não os assisti porque não conheço o suficiente sobre o esporte, vi bem de auto mesmo em filmes e séries, mas nada mais detalhado sobre. Os animes esportivos que eu já assisti foram só o “kuroko no basket”, “Haikyuu!!”, “Free!” e “Inazuma Eleven” (Não, eu ainda não assisti “Captain Tsubasa”, eu sei que deveria) porque entendia com funcionava cada um (mesmo porque, né?!).
    Vou dar uma chance e ver. Sim, eu não vou assistir o Major 2nd antes de Major XD e também não li os comentários o/
    Tchau, Sáh. (Quarta vez que tento enviar o comentário, estava dando um erro estranho oO)

    Curtido por 1 pessoa

    • Seu comentário foi recebido com sucesso! ❤

      OLHA, VOCÊ NÃO VAI SE ARREPENDER! Cara, eu sou a pessoa mais viciada em animes de esportes que você provavelmente encontrará respirando na terra. Devoro tudo! Major e Diamond no Ace são animes/mangás que não são muito populares no Brasil, porque o esporte não é muito conhecido aqui… confesso que no começo tive um certo preconceito e colocava coisas na cabeça tipo “não vou entender porra nenhuma” e no começo não entendi nada mesmo, mas os animes são autoexplicativos E A EMOÇÃO É DE OUTRO MUNDO! Sério, na moral, baseball é um esporte emocionante demais.

      OBS: muito bem por não ler os comentários, o povo se empolgou demais kkkkkkk ah, se você gostou de Kuroko… assista Slam Dunk, é um dos meus queridinhos xD e não se incomode por não ter assistido Tsubasa, geralmente quem assistiu ou conhece, viu na infância. É um anime bem antigo e, apesar de ter o remake de 2018, não é o melhor parâmetro desse gênero. Se bem que o amava demais quando criança, por isso ainda não revi com medo de perder a “mágica”.

      AGORA ASSIM, COMEÇA POR DIAMOND NO ACE PELO AMOR DE DEUS… NÃO COMEÇA POR MAJOR! Pq se você assistir Major primeiro, você vai ficar comparando demaissss o Sawamura com o Goro. Demais. Sério. Por favor, não faça isso.

      Curtido por 1 pessoa

      • Foi exatamente isso, como eu não conheço o esporte iria ficar muito perdido assistindo um anime assim. Mas, ao menos eu vou dar uma lida nas regras do jogo para não ficar muito aéreo durante uma cena de estratégia hehe.
        Slam Dunk, dei uma olhada aqui e parece ser meio antiguinho também. Mas, gostei do design dos personagens.
        E aquela lista de animes/mangás para assistir até o final do ano vai aumentando hahashuashua.
        XD tudo bem, “Diamond no ace” primeiro 😉
        Tchau o/

        Curtido por 1 pessoa

        • É bom mesmo dar uma lida nas regras do jogo antes de assistir, mas no final tu vai aprendendo tudo por osmose kkkkkk Sobre Slam Dunk: a obra é antiga, mas é o melhor anime/mangá de basquete da vida. É tão bom que compro o mangá e tenho o artbook pra futuramente mostrar meus filhos AHSUAHSUAH

          Tchau! Boa maratona pra vc, depois me diz se gostou xD

          Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s