Ashi Girl – Correndo em direção ao amor!

Hey! Hoje vim trazer a recomendação de um mangá incrível que, apesar de estar sendo publicado há um tempo, só acabei tendo contato recentemente. Se preparem para uma comédia romântica super sem noção, mas que facilmente nos cativa e nos apaixona: Ashi Girl!

 

Aqui uma breve sinopse:

ashigirl

Gênero: Comédia, Drama, Gender Bender (Troca de Sexo), Histórico, Josei, Romance, Vida Escolar e Sci-fi.

A história começa com Hayakawa Yui, uma garota da era Heisei (atual) que não tem nenhum sonho ou qualquer motivação em sua vida, sendo correr a única coisa na qual ela pode realmente ser considerada boa. Porém, seu destino muda drasticamente quando a garota, no que seria um dia qualquer, vai até o laboratório do seu genial irmão mais novo e se depara com uma máquina do tempo. Sem entender nenhuma palavra do que seu irmão estava dizendo (já que era muito para sua cabeça desmiolada), Yui acidentalmente ativa a máquina do tempo e acaba parando no período Sengoku (aproximadamente durante o século XV). Lá, ela encontra o “Jovem Lorde” do Castelo Kuroha, Tadakiyo Hagikuhachirou, e se apaixona perdidamente por ele.

 

 “Oxe, já vi isso em algum lugar…”

 

Eu poderia fazer um outro post só citando inúmeras histórias com esse tipo de enredo, porque, realmente, viajem no tempo é uma coisa beeem manjada. Mas não se enganem, Ashi Girl traz uma narrativa bem inovadora. Por que?

Porque essa autora sabe MESMO fazer uma comédia. O primeiro contato que tive com as obras dela foi em “Gokusen”, sendo que só esse mangá já foi suficiente pra eu confiar 100% na capacidade que essa mulher tem de me fazer rir de cada coisa idiota, que vocês nem tem noção.

manga4

(Eu diria que Ashi Girl é um tipo leve de nonsense, mas que faz sentido haha)

 

Pra começo de conversa, a própria forma como a Yui vai pro passado já deixa a gente meio “Que?”

manga1

(A menina literalmente desembainha uma espada de plástico pra viajar no tempo, meu deus)

A lógica que a autora criou por trás das viagens temporais é a seguinte: Elas só podem ser feitas por uma única pessoa e durante uma noite de lua cheia. Só que tem um detalhe, mesmo que se tenha passado um ciclo lunar inteiro dentro de uma das eras (Heisei ou Sengoku), esse período corresponde a apenas 3 minutos dentro na outra era. Ou seja, o intervalo de tempo entre viajar no tempo e voltar (respeitando o período de um ciclo lunar) é de 3 minutos. É meio maluco, mas acreditem, isso é a uma das coisas mais normais dessa bagaça haha

 

Tudo bem, entendi que ela viaja no tempo, mas e ai? Sobre o que é essa história afinal?

 

Essa é a história de uma menina que não bate bem da cabeça e que decide crushar num garoto que, tecnicamente, já partiu dessa pra melhor há muito tempo. Acha relacionamento a distância difícil? Agora experimenta sair com uma pessoa que nasceu mais de meio milênio antes de você.

A grande questão é: Depois de ter ido para o passado, a jovem é confundida com um Ashigaru, soldado de rank baixo e que está lá, basicamente, só pra fazer número mesmo. Como eles confundiram uma adolescente usando roupa escolar com um soldado, só Deus sabe (nem a própria protagonista entendeu na hora).

E assim, Yui aproveita essa confusão para dar no pé, mas acaba andando sem rumo e quase morrendo de fome. Até que, quando estava prestes a comer um cogumelo venenoso e morrer de vez, ela é salva por um lindo Jovem Lorde.

manga2 full

(e pior que o homem é bonito mesmo haha)

 

É nesse momento que a merda tá feita. Provavelmente, os dois últimos neurônios restantes no cérebro dessa menina acabam ficando na era Heisei mesmo, porque “cega de amor” é um elogio perto do que essa garota vai fazer daqui pra frente

manga5

 

E assim, Yui encontra um sentido para sua vida: Correr (literalmente) atrás do Lorde Tadakiyo.

 

manga3

Só que tem um grande porém: De acordo com a história, o Lorde Tadakiyo está destinado a morrer durante uma batalha contra o Clã Koyama. Por essa razão, a menina tem a “brilhante ideia” de continuar sendo uma Ashigaru, com o objetivo de proteger o seu amado Jovem Lorde.

 

Essa é a grande premissa da história. Mas calma, que esse mangá ainda tem muito a nos mostrar.

 

Desde de toda aquela ambientação encantadora do Japão Antigo até as disputas políticas da época, Ashi Girl te leva a imergir totalmente dentro do seu universo. Os diversos personagens e todas as confusões que Yui acaba se metendo para poder estar ao lado do seu amado são os elementos principais que nos prendem completamente a história.

volumes

(Nem preciso falar do traço fofinho e único dessa autora, né?)

Com certeza, esse é um prato cheio para se ter um pouco mais de contato com a cultura japonesa do período Sengoku de uma forma lúdica e bem descontraída. Ainda mais com o fato de que vemos constantemente o contraste entre o presente e o passado.

O mais estranho e engraçado é o fato de que, de alguma forma, a jovem consegue se adaptar muito bem ao passado, fazendo com que todos acabem facilmente se acostumando com a presença peculiar dela. Isso fica bem claro na relação dela com os personagens envolvidos com o exército.

Outro ponto interessante a ser levantado é que, considerando que a viagem no tempo foi tratada como uma coisa trivial desde o começo, é possível perceber uma pegada diferente na abordagem desse tema. Lógico, o padrão segue o mesmo, mas a maneira como a autora trabalha isso mantém a história intrigante, sem desgastá-la.

 

Mas não pensem que essa é um mangá 100% comédia e romance não, porque o drama é colocado na medida certa para impulsionar a história. Afinal, não tem como viajar no tempo e interferir em fatos históricos sem trazer algum tipo de consequência.

Só que é aí onde a comédia se mostra um diferencial, porque ela ameniza as situações sérias da história e mantém a leitura divertida. Digo isso, porque eu não sou o tipo de pessoa muito chegada a drama “puro”. Quando a coisa começa a virar um monte de problema misturado com um bando de gente sofrendo, eu já começo a achar a leitura cansativa.

 

Sem contar que o romance (por incrível que pareça) está sendo muito bem desenvolvido, apesar das circunstâncias. Por agir exatamente conforme alguém do seu tempo, a química que o Jovem Lorde cria com a Yui é marcada por um forte contraste que, estranhamente, se torna uma mistura MUITO maravilhosa de fofura com comédia.

É por isso que, como uma defensora fiel de finais felizes, só torço para que esses dois tenham um final bonitinho, mesmo com os problemas que volta e meia acabam surgindo. Será se isso é possível? Deus permita que sim.

 

Informações Técnicas:

  • Ashi Girl, lançado em 2011, está em andamento e possuí 11 volumes publicados até o momento.
  • É serializado na revista Josei “Cocohana”.
  • É uma obra escrita e desenhada por Morimoto Kozueko.
  • É um dos projetos ativos da Scan “Toshi wa Yume”, com 42 capítulos traduzidos atualmente. Você pode conferi-lo nesse link AQUI. (Pelo que parece, as traduções em português estão bem à frente dos demais países, sendo em Inglês até o capítulo 9 e Espanhol até o capítulo 28).
  • Para aqueles que possuem uma conta no Otakumole, o mangá está traduzido em inglês até o capítulo 77.

 

⇒ Mas esperem, que ainda tem mais uma coisinha MEGA importante:

 

O Dorama!

meme pronto png

◊ Podem confiar em mim, esse dorama ficou MARAVILHOSÍSSIMO 

 

Ashi-Girl

1514974896

  • Diretor: Yuki Nakashima e Masaya Iseda.
  • Escritor: Kozueko Morimoto (manga), Yuko Miyamura (dorama).
  • Exibição: NHK (Corporação de Transmissão Japonesa), sendo esse um canal de transmissão próprio do governo japonês que, inicialmente, foi introduzido como uma rádio em 1925 e, posteriormente, como um canal de televisão em 1953.
  • Atores principais: Kuroshima Yuina (Yui Hayakawa) e Kentaro Ito (Tadakiyo Hagi).
  • Foi lançado do dia 23 de setembro até 9 de dezembro de 2017.
  • Tem um total de 12 episódios, com uma média de 40 minutos cada.
Olha, eu não sou muito familiarizada com dramas japoneses (costumo ver mais os coreanos), mas esse de Ashi Girl não deixou nada a desejar! Teve sim uma mudança aqui e ali, mas, no todo, ficou MUITO incrível~

Também preciso deixar registrado que eu faria a mesma coisa entendo o motivo da Yui fazer de tudo pra ficar com o Jovem Lorde…. ele é muito fofinho! ♥

 

Só que, infelizmente, é muito difícil encontrar esse dorama na internet. Portanto, os links que eu tenho aqui podem não ser os ideais, mas dá pro gasto haha
  • AQUI ou AQUI (o segundo link só tem até o episódio 8) você pode assistir o dorama com a legenda em ESPANHOL.

Como não assisti em espanhol, não sei muito bem se todos os links estão funcionando ou se a legenda está boa, mas como esses foram os únicos lugares em que eu encontrei o dorama até agora, decidi passar para vocês.

  • AQUI (usei esse site e deu tudo certo) ou AQUI você pode assistir o dorama com a legenda em INGLÊS.

 

Mas não é só isso: Ashi Girl vai ganhar um especial live-action, ainda esse ano, com o título de “Ashi Girl: Chojiku Love-Com Futatabi”.

5e06a5b8de7bbed3995d64ebf8f8976e_content

Ele está previsto para lançar dia 24 de dezembro de 2018, com o mesmo elenco e pela mesma emissora.

 

E assim, encerro esse post com a esperança de que tenham gostado da minha indicação e que tenham sentido vontade de procurar conhecer melhor sobre essa história meio esquisita, mas muito divertida! (Garanto que não vão se decepcionar).

 

 

 

-SEE YOU NEXT TIME☆

5 Respostas para “Ashi Girl – Correndo em direção ao amor!

    • Né? Além de fofo é MUITO engraçado :v (O Lorde é maravilhoso mesmo, nem julgo as maluquices da Yui pra conseguir ficar com ele kkkkk)
      Live-Action é tudo aquilo que é feito com atores (ao contrário de animações), então isso pode incluir filmes, novelas, etc. Já os doramas (novelas) são um tipo de live-action. Espero que eu tenha conseguido esclarecer sua dúvida c:

      Curtir

Deixe uma resposta para Mih-nyan Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s