DOCES MENSAGENS: O olhar infantil em animes.

Moshi, moshi, Senpai chegando na área… Olá queridos leitores do Shiritori.

Esse é o meu primeiro post no blog e logo de cara quero agradecer a todos os redatores e é claro a fundadora do manicômio (estou me sentindo em casa, Sáh).

Hoje é dia das crianças, e eu estou no Shiritori!!!!

5a2a31407ae0997219d6ff8e544e05a33f12953d_hq

Okay, beleza, ainda não decidi se isso é bom ou ruim, mas vamos ao que interessa.

Já pararam para pensar em quantos personagens que existem no mundo dos animes? E em quantos são crianças? Vários… mas em quantos as crianças são tratadas como crianças? Poucos.

Mas hoje quero trazer dois exemplos de graça e simplicidade: Rin de Inuyasha e Naru de Barakamon

Lembrete : teremos leves spoilers dos dois animes!!!!

 

rin e naru

Rin é uma personagem secundária do mangá Shõnen, Inuyasha, da autora Rumiko Takahashi, lançado em 1996 e que teve a sua adaptação para o anime no ano 2000. A história se passa na período Edo do japão, uma época povoada por youkais e sacerdotisas além de uma jóia mítica que foi quebrada em fragmentos e espalhadas por todo o japão.

Mas vamos direto ao ponto, a nossa pequena Rin.

Essa garotinha de olhos chocolates aparece no capítulo 35 do anime logo após uma luta onde o meio irmão youkai sai ferido, e sim, estou falando do fodástico, lindo e senhor do oeste, vulgo iceberg: Sesshoumaru.

giphy

Esse demônio cachorro é o tipo de personagem com a auto estima na lua (literalmente), parece que nada o abala e nada é capaz de mexer com o mesmo… exceto a nossa pequena Rin e o seu sorriso gracioso.

Um dos significados do nome Rin é digna, e é isso que ela se torna diante da trama, uma personagem digna de andar ao lado do youkai. Quando eles se encontram, o nobre youkai está ferido e debilitado após uma briga com o seu meio irmão, e Rin justamente aparece e começa a cuidar dele, apesar dele negar os cuidados da pequena humana.

Sem pedir permissão, de maneira simples e infantil a pequenina criança entra na vida e no coração de um ser perfeito que odeia a raça humana, e até é salva por ele e sua espada sendo trazida de volta à vida após ser atacada por lobos; depois disso Rin passa a seguir o seu senhor por onde fosse e ele passa a proteger a pequena de todos os males. Devido a isso, ela passa a ser considerada o seu ponto fraco.

aaad

 

“Nada poderia valer o custo da vida de Rin!”

 

Rin perdeu os seus pais muito cedo e de maneira trágica (o que não é especificado no mangá/anime), mas ela não deixa de ser uma criança feliz e capaz de sorrir no silêncio, com toda a pureza e sinceridade do seu coração infantil, mesmo estando ferida.

PeriodicFaroffBorer-size_restricted

E é nesse ponto que chamo a atenção de vocês… ela não deixou de ser pura, boa e infantil, apesar de já carregar todo um mundo de sentimentos dentro dela, ela sabe levar a vida e a morte de uma maneira muito singela (como deveria de ser). Um exemplo disso é o episódio abaixo: 

Aqui a pequenina apenas pergunta se o senhor Sesshoumaru vai se lembrar dela quando ela se for, e ela pergunta sorrindo… isso mesmo SORRINDO, e dessa maneira ela simplesmente desarmar o grande e poderoso youkai que é dito sem sentimentos.

Rin pode ser uma personagem secundária, mas ela é essencial para a trama, visto que ela, através de seu jeito criança de ser, foi responsável pela mudança no comportamento do personagem Sesshoumaru, o qual teve uma grande e necessária evolução dentro do enredo desenvolvido pela sensei Rumiko.

Eu poderia ficar horas e horas falando dessa guria, mas vou deixar apenas ela cantar para vocês:

images

Agora é a vez da garotinha mais sapeca e livre do mundo dos animes! Eu lhes apresento Naru:

Naru é uma das protagonistas da trama Barakamon, escrita e ilustrada por Sasuki Yoshino e se trata de mais um Shõnen, este lançado em fevereiro de 2009 e animado em 2014.

tumblr_n9nzns3oHw1szrl8eo1_500

Aqui nós temos a história de um calígrafo (Seshu Handa ou Handa Sensei) que após um fracasso se muda para uma ilha na costa oeste do Japão e topa com a pequena Naru e todo uma trupe de crianças e adolescentes, além dos próprios moradores da ilha.

Handa Sensei se mudou no intuito de se encontrar e encontrar a essência da sua escrita e essa pista a gente já acha no nome da figurinha cativante de Naru, que significa crescer e transformar. E é através dessa amizade inesperada que Handa se torna um homem mais confiante e feliz.

EvSaEc2

Naru tem a pureza e inocência infantil e toda uma simplicidade para lidar com as coisas do dia a dia. Sem dar muitos spoiler, mas uma das coisas mais simples e belas foi a placa que ela fez.

Essa placa aparece no extra: Danpo 2 Lagoa no Mangá, nela temos o professor da escola primária de Naru e Handa discutindo sobre o lixo no lago onde ambos pescam lagostim. Enquanto os dois ditos adultos discutem iguais crianças sobre as melhores palavras para colocar na dita placa a nossa pequena apenas escreve:

Senpai

Simples e direto, sem rodeios ou melindres. Apenas a verdade pura e crua.

E realmente esse é um comportamento totalmente infantil, afinal a grande maioria das crianças são sinceras sendo uma representação do espelho da verdade.

Já parou para se perguntar quando é que paramos de enxergar a vida dessa maneira? Quando é que paramos de olhar as oportunidades que temos em nossa frente e mentimos para o mundo e, principalmente, para nós mesmos?

Barakamon é um mangá/anime rico nesse quesito de auto descoberta e desenvolvimento dos personagens, e essa pequena criança tem muita responsabilidade no desenrolar de toda a trama. Apenas sendo ela mesma.

source

A imaginação povoa a cabeça das crianças e Naru traz nas suas falas simples e espontâneas tudo isso, e é capaz de brincar mesmo nos momentos mais tensos da vida de Handa Sensei trazendo a leveza que ele precisa para aprender a colocar para fora os seus medos e derrubar os muros que o rodeiam.

naru

Num mundo de incertezas e inseguranças que vivemos talvez é tudo o que precisamos; derrubar as nossas barreiras e medos para sermos sinceros com nós mesmos. Estenda a sua mão a sua criança e transpasse o mundo para ver a beleza que há na sinceridade.

Naru pergunta ao Sensei:

photo5046435935868266475

E eu refaço essa pergunta aqui. Você consegue voar? Quantos são capazes de dizer que podem fazer isso? Por isso eu peço, respeite a sua criança interior, a abrace e seja como ela, simples de coração.

Voe os seus sonhos.

Bom, como disse no caso da Rin, sou capaz também de ficar horas e horas falando de Naru, mas eu só quero ressaltar aqui esse lado belo das duas, afinal eu realmente acredito que se todos formos um pouco como essas duas crianças poderemos criar um mundo melhor e um futuro digno para todos. Tenho certeza que seremos adultos melhores e felizes.

Isso é o meu desejo, de todo o meu coração.

Então…Até mais, pois logo irei te alcançar… montada no vento.

 

Feliz dia das crianças!

tumblr_op9ya1pVol1us5zbco4_500

4 Respostas para “DOCES MENSAGENS: O olhar infantil em animes.

  1. Esse post foi a coisa mais fofa! Crianças que são retratadas como crianças em suas histórias! Que conseguem nos ensinar muito da vida com atitudes e palavras simples, naturais… Já te conheço de outras terras Senpai eu sei quão fodas serão as suas análises u.u estou ansiosa para ler suas próximas postagens :3

    Curtido por 1 pessoa

    • Mika, minha querida e doce amiga… você é a principal culpada desse post! Obrigada por me instigar a escrever e por me ajudar em tudo, e como as crianças daqui… que você continue sendo do que jeito que é… simples e naturalmente você! bjs e até!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s