GUIA: Kagerou Project – Sonhos perdidos durante uma intensa onda de calor (PARTE 2 / FINAL)

Hey, hey! Para os guerreiros que tiveram a paciência pra ler aquele textão e mesmo assim ficaram curiosos para saber o restante da história, venho trazer a PARTE 2 do “Guia Kagerou Project”! Vamos lá, que ainda tem muita coisa interessante vindo por ai~

 

Antes de tudo, o que é Kagerou Project?

kagepro

Kagepro começou como uma série de dramas musicais (histórias contadas através de músicas) cantados por vocaloids (IA  e a Hatsune Miku), que se expandiu tanto ao ponto de, além das músicas, posteriormente ganhar também mangá, light novel, filme e anime.

Chegou de paraquedas agora? Você pode conferir a PARTE 1 do guia AQUI.
(Então, gente… esse post ficou maior que o outro. Perdoem os meus textões e não desistam de mim haha)

 

Agora que estão avisados, vamos continuar!

 

Trazendo de novo a história da Takane e do Haruka, há mais dois personagens que possuem um relacionamento com eles. Isso é, Ayano (lembram dela?) e o ainda não citado, mas não menos importante, protagonista dessa história: Kisaragi Shintaro! (Não se enganem, apesar de não ter tanta presença, ele é o protagonista mesmo haha)

Além de terem se conhecido durante o festival cultural (que aconteceu na escola da Takane e do Haruka), Ayano e Shintaro, posteriormente, são admitidos na mesma escola que os outros dois e os quatro acabam se tornando amigos (Você pode perceber eles juntos no final da música Yuukei Yesterday). Isso também foi mais um motivo que levou Ayano a ter decidido “salvar” todo mundo, uma vez que ela descobriu as intenções de “seu pai” a respeito dos seus novos amigos.

 

Agora vamos dar uma nova visão para a história: A do Shintaro.

 

Shintaro é o que podemos chamar Tsundere (se faz de durão e bravinho, mas no fundo é sensível), por isso acaba tendo apenas uma única amiga, Ayano. Os dois já se conheciam há algum tempo (creio que desde o Ginásio), mas, ainda assim, ele a tratava de uma forma relativamente fria, apesar de gostar muito dela. Outra coisa sobre ele é o fato de que, mesmo indo bem na escola, o jovem não tinha muita perspectiva de vida e isso o levou até mesmo a cogitar suicídio num certo ponto da história.

Mas é nessa hora que Ayano mostra o seu amor por Shintaro, não por meio de uma confissão, mas sendo uma existência que trazia força e felicidade para ele.

O que o Shintaro não esperava era que Ayano, aquela que o salvou de seus sentimentos negativos, acabaria se suicidando. Nós já sabemos o real motivo por trás disso, mas o Shintaro não. Imaginem o choque que deve ter sido para ele.

 

A relação deles durante essa fase, foi retratada na seguinte música:
(Versão não vocaloid AQUI)

 

Fora a tragédia envolvendo a Ayano, Shintaro ainda lida com mais um problema. Irritado e frustrado com a situação, Kano (que como eu havia dito, as vezes usava os “olhos enganadores” para se passar por sua irmã) vai atrás de Shintaro e, com a forma da Ayano, o culpa por não ter sido capaz de perceber que ela estava passando por problemas.

 

A partir daí, o mundo de Shintaro desaba e ele acaba se tornando um NEET (pessoa desempregada e que nunca sai de casa).

 

Mas não é só ele que fica profundamente afetado com a perda. Kano, Kido e Seto decidem sair de casa e procuram entender o paradeiro da irmã (imagino que o Kano tenha dado algumas informações para eles, mas sem contar tudo o que aconteceu). Nessa hora, os três oficialmente inauguram a Mekakushi Dan (Aquela “organização secreta” criada pela Ayano) e começam a busca por respostas sobre o incidente.

 

Em seguida, mais um membro entra para o time.

 

Lembram da música do Seto? Na qual ele conhece a Mary e tudo mais? Então, depois de saírem de casa, Seto vai a procura de Mary para trazê-la ao grupo.

Fora a provável promessa de busca-la um dia, outro motivo que impulsionou essa decisão foi devido à única pista que o grupo tinha de que talvez eles pudessem encontrar Ayano na Kagerou Daze, caso reunissem aqueles com as habilidades dos “olhos”. Só que, diferente do plano original do “Kenjirou”, eles não tinham intenção de matar ninguém (até por que, né? Eles morreriam também haha).

 

Música retratando a visão da Mary:
(Versão não vocaloid AQUI)

 

E assim, os anos se passaram.

 

Agora chegou a hora de apresentar mais uma personagem: Kisaragi Momo.

Notaram o sobrenome? Poisé, ela é irmã mais nova do Shintaro. E não só isso, Momo também porta a cobra com os “Olhos Cativantes”, com o poder de atrair a atenção de todos ao seu redor. A garota consegue essa habilidade quando, um dia, acaba se afogando numa praia e, depois da tentativa falha de seu pai em salvá-la, os dois acabam morrendo. Seguindo a lógica da Heat Haze Daze, ela consegue sair com a cobra e seu pai fica.

Com esse poder, Momo consegue se tornar uma idol muito famosa (até mais do que gostaria de ser) e passa a ter problemas para lidar com a obsessão das pessoas afetadas pela sua habilidade de atrair olhares. Só que para sua sorte (ou não, nunca se sabe haha) ela se encontra com Kido, que a convida para a Mekakushi Dan e promete tentar resolver o problema da jovem a respeito do seu poder.

 

Essa é uma música que retrata as preocupações de uma idol não tão normal:
(Versão não vocaloid AQUI)

 

Música sobre o ponto de vista da Kido sobre o seu papel como líder da Mekakushi Dan:
(Versão não vocaloid AQUI)

 

No mesmo momento em que esse encontro estava acontecendo, temos também a história de Shintaro, na qual ele acaba derramando coca no seu computador e, depois de 2 anos recluso, precisa sair de casa para comprar um novo. Infiltrada em seu computador, há também uma “Inteligência Artificial”, chamada ENE (que nada mais é do que Takane, depois de perder seu corpo), sendo basicamente a única pessoa que o prende ao resto do mundo e que, volta e meia, manda umas reais pro menino.

 

Música mostrando os sentimentos de ENE e a realidade por ela vivida:

 

Música cantada pela ENE falando da situação Shintaro como um NEET:

 

E assim, depois de muito tempo, Shintaro sai de casa acompanhado por ENE, que se transfere para o celular dele. Mas infelizmente, como a sorte do Shintaro é pior que a minha, a loja de departamento que ele escolhe para comprar seu novo computador acaba sendo atacada por um grupo terrorista. Porém, um “encontro predestinado” o aguardava, porque Kido, Kano, Momo e Mary também estavam nesse mesmo lugar.

Nessa hora, os destinos finalmente se entrelaçam e Shintaro acaba sendo salvo pela Mekakushi Dan. Passada a confusão, ele acorda dentro do “esconderijo” da organização e, após perceber que sua irmã também estava lá, descobre que tanto ele quando a ENE acabaram se tornando os mais novos membros do grupo.

 

A formação desse grupo de jovens é retratada na música:
(Versão não vocaloid AQUI)

 

Reparem que tem dois personagens nesse vídeo que ainda não foram citados (bem, um deles vocês já conhecem, mas ainda não sabem quem é haha)

 

Primeiro, vamos falar do membro mais novo (nesse caso, de idade mesmo): Amamiya Hibia. Apesar de ser um garoto do interior, Hibiya decide seguir sua super crush, Asahina Hiyori (esse menino ama MESMO ela), até a cidade grande, para que os dois passassem um tempo juntos e, quem sabe, acabar rolando também uma confissão.

hiyori(No caso do mangá, os dois também acabam conhecendo a Momo durante a viagem e passam uma tarde juntos, já que Hiyori era uma grande fã da idol. Entretanto, não tenho certeza se o mesmo acontece fora dessa mídia)

 

Mas o que parecia ser uma viajem tranquila, na verdade trouxe um terrível destino para os dois.

 

Hibiya e Hiyori acabam se envolvendo num acidente, no dia 15 de agosto, e ficam presos num loop dentro da Heat Haze Daze, no qual o dia do acidente fica repetindo sem parar. E para piorar, todas as vezes, antes do dia acabar, um deles acaba morrendo.

 

E por que eu explicitei o dia?

Não estou muito seguira sobre essa informação, mas aparentemente aquilo que todas as crianças com o poder dos olhos têm em comum, é o fato de que elas “morreram” no dia 15 de agosto. Não por coincidência, foi nesse dia em que Mary e Shion morreram (Pelo visto, Azami escolheu essa data para trazer as pessoas para dentro da Kagerou Daze).

 

A música dos dois garotos é uma das mais famosas de Kagerou Project:
(Versão não vocaloid AQUI)

 

Esse dia ocorre inúmeras vezes, até que Hibiya consegue sair com o poder dos “Olhos Focalizadores”, no qual ele pode avistar qualquer coisa, mesmo que esteja muito distante dele (tipo uma super visão panorâmica ou, para os fãs de Akayona, o poder do Shin-Ah). Porém, para a tristeza do jovem, Hiyori permanece no outro mundo.

 

A partir desse ponto história, eu começo a ter um pouco de dificuldade de separar o que é teoria da internet do que é a informação oficial, mas acredito que eu vá falar apenas do que já foi comprovado. Caso tenha alguma coisa errada ou vocês tenham uma outra interpretação, fiquem a vontade para comentar!

 

Se lembram do Haruka? A história dele não parou só com os experimentos do Kenjirou não, no caso dele, a coisa complicou ATÉ DEMAIS (esse menino sofreu muito, meu deus do céu).

 

Diferente da ENE, Haruka rejeita seu corpo artificial, alegando que não era isso o que havia desejado, e uma existência chamada Konoha acaba sendo “criada”. De uma forma mais clara, o Konoha é apenas uma “casca vazia” resultante da ausência do Haruka nela. E assim, a consciência do jovem acaba se perdendo na Heat Haze Daze, apesar de se manter ligada ao Konoha, de alguma forma.

Mas a história dele não acaba ai não. Enquanto vagava na Daze, Konoha acaba encontrando Hibiya e Hiyori, que estavam passando pela situação descrita da música “Kagerou Daze”. Assim, ele passa a observar o fenômeno se repetir várias e várias vezes, até o momento em que surge o sentimento de querer ajudá-los.

 

A visão de Konoha é narrada na seguinte música:
(Versão não vocaloid AQUI)

 

Não achei em nenhum lugar uma explicação exata sobre o que aconteceu nesse momento (talvez tenha na Light Novel), mas o Konoha acaba saindo da Daze, conhecendo a Mekakushi Dan (consequentemente entrando para ela) e sai em busca desses dois garotos que havia conhecido na Kagerou Daze.

Minha teoria sobre essa parte: Acredito que, por ter desejado ajudar os dois, Konoha desperta cobra, antes rejeitada, e ela o permite sair da Daze com o poder dela.

 

Depois de encontrar Hibiya, Konoha compreende, de fato, a situação e promete fazer de tudo para salvar a Hiyori e seus novos amigos da Mekakushi Dan.

 

Mas ai entra um porém, Hibiya tem apenas 12 anos e acabou de passar por uma situação bem confusa e traumática, por isso, começa a rejeitar os outros e entra numa certa depressão. Em seguida, ele acaba se deparando com o pessoal da Mekakushi Dan e Momo procura fazer o possível para animá-lo. Depois de ganhar uma certa confiança com relação a idol, o garoto passa a sentir um pouco mais de esperança no futuro e decide se unir a organização também.

 

Esse momento é retratado nessa música:
(Versão do anime, mas que também é cantada pela vocaloid IA AQUI)

 

Beleza, agora a história começa a FINALMENTE entrar na reta final. Mas esperem, que também chegou a hora de eu mostrar o porquê de ser TÃO difícil acompanhar a cronologia de Kagerou Project.

 

Respirem fundo e vamos com calma, que essa é parte é complicada mesmo.

 

Se lembram da Mary? Como eu havia dito, ela tem o poder de 2 cobras: a que ela nasceu (Os “Olhos Paralizadores”) e a que ela recebeu da Azami (Os “Olhos Unificantes”). O poder dos “Olhos Unificantes” a permite controlar a Kagerou Daze e o fluxo temporal associado a ela.

 

“Pera aí? Que? Fluxo temporal?”

 

Em palavras simples, ela controla o tempo. Mas isso só ocorre quando todas as cobras se reúnem no corpo dela. Esse fato mostra que: Fora a história ser contada de uma forma não linear, ela também trabalha com linhas temporais, ou seja, existem VÁRIAS rotas e possíveis finais dentro de Kagepro.

Segue basicamente a ideia de jogos em que, dependendo da sua escolha, o final muda. Adivinha quem é o responsável por fazer essas escolhas? Kisaragi Shintaro (Agora já dá pra entender que ele não é o protagonista pela sua presença durante o enredo, mas pela sua RELEVÂNCIA para que os eventos da história ocorram).

 

Por que existem tantas rotas? Sinceramente, ainda tenho umas dúvidas a respeito, mas vou falar o que eu já sei.

 

A Mary tem o desejo INCESSANTE de poder ser feliz junto aos seus amigos. Só que isso nunca seria possível de acontecer enquanto a cobra dos “Olhos Anuladores” estivesse tentando concluir seu plano. Por que? Porque se ela junta as demais cobras, todo mundo que a Mary gosta acaba morrendo no processo.

A questão é que, Mary é completamente incapaz de aceitar uma realidade tão cruel. Então, toda vez que a cobra começa o seu plano e machuca (mata) seus amigos, ela acaba entrando num estado de desespero, desperta o poder de todas as cobras e reseta o mundo para o momento em que acredita que todos ainda eram felizes.

6b323d8b97c58fdb196bb81104d633c9.jpg

(Um detalhe que vocês podem observar é que, depois que a Mary reúne todas as cobras, sua aparência acaba mudando um pouco)

Minha teoria: Eu acho que o real plano da cobra é fazer a Mary resetar as linhas temporais, porque assim, ela seria capaz de existir eternamente no mundo. Afinal, os desejos que ela prometesse realizar nunca seriam atendidos e isso a permitiria viver de novo, e de novo.

 

É um pouco complexo mesmo, mas espero que tenham conseguido pegar a ideia. Além de tudo isso,ainda tem mais um detalhe que reflete nos finais.

 

“Já chega, esse negócio é muita coisa pra minha cabeça, desisto”

(Calma, calma, que as partes mais malucas vão acabar depois disso (talvez) haha)

 

Tem mais um ponto a respeito do Haruka/Konoha. (Já to até vendo o povo desistindo da história agora).

Não sei o motivo exato para isso, mas a cobra dos “Olhos Anuladores” também se torna capaz de tomar o corpo do Konoha (talvez pelo fato dele ser uma “casca vazia”). Por essa razão, surge também a existência do Kuroha. Esse nome vem do fato de que, quando ela está no controle, a aparência branca do Konoha, se torna preta. Daí vem o “Kuro”, que significa “preto” em japonês.

kuroha

Minha teoria: Depois que Konoha sai da Kagerou Daze e conhece o pessoal, acredito que Haruka, por estar observando tudo através do Konoha, acaba inconscientemente fazendo um desejo: Reencontrar seus amigos. É nessa hora que a cobra dos “Olhos Anuladores” consegue espaço para tomar o corpo dele, já que ela seria a responsável por “atender” esse desejo.

 

Agora que vocês sabem o que é preciso pra entender os finais, vamos lá!

(Prometo que tá acabando)

 

Vou falar dos finais presentes nas músicas, mas logo explico um detalhe a respeito disso.

 

1º) Rota XX (Final Ruim)

Shintaro não consegue suportar a morte de Ayano. Ele entra em uma profunda depressão e, nessa rota, não chega nem a sair de casa e conhecer os membros da Mekakushi Dan. Por que? O rapaz se mata antes que isso pudesse acontecer e, no processo, também decide “destruir” a ENE (já não aguentava mais os “conselhos” dela).

Em paralelo a isso, Kuroha (olha a cobra fazendo merda de novo) aparece de repente diante da atual Mekakushi Dan dessa rota e mata todo mundo na frente da Mary. Completamente em choque, ela acaba resetando tudo de novo.

 

Esse final está representado na seguinte música, cantada pelo Kuroha:
(Versão da vocaloid ONE AQUI)

 

2º) Final Bom/ Verdadeiro

O final bom segue toda a história que eu narrei até agora nesses dois posts. Shintaro sai de casa, conhece a Mekakushi Dan e passa um breve momento de diversão com eles, até que Kuroha aparece. Como Shintaro estava presente nesse momento e considerava Konoha um amigo, o cenário lidado pela atual Mekakushi Dan se torna completamente diferente daquele presente no final ruim.

Como isso altera a rota? No momento em que Konoha consegue recuperar brevemente o controle de seu corpo (antes tomado pelo Kuroha) o jovem tenta por um fim a tudo se matando, mas Shintaro decide se sacrificar para salvar ele.

Dessa forma, o garoto acaba indo parar na Heat Haze Daze. E adivinha quem estava esperando por ele lá? Ninguém mais que: Tateyama Ayano. Com o poder dos seus “Olhos Transmissores”, ela se projeta em frente ao Shintaro e, assim, os dois conseguem ter uma breve conversa.

Percebendo que o atual Shintaro (diferente daquele que havia se matado e era completamente incapaz de superar seu passado) tinha a determinação necessária para por um fim a tragédia infinita criada pela cobra dos “Olhos Anuladores”, Ayano explica toda a situação para o rapaz e o liberta daquele sentimento de culpa, que o consumia por dentro.

A partir daí, Shintaro recebe o poder da cobra com os “Olhos Armazenadores”, que o permite se lembrar de TODAS as linhas temporais. Com esse poder, ele descobre o que é deve ser feito para acabar com aquela cobra peçonhenta (já tava na hora de dar um sumiço nessa praga).

 

A seguinte música mostra a visão do Shintaro nos dois tipos de finais (Pra vocês diferenciarem melhor, o Shintaro com moletom preto é do final XX e o do moletom vermelho é do final bom):
(Versão não vocaloid AQUI)

Gente do céu, Essa música me faz arrepiar toda vez em que o Shintaro mostra para a Ayano que é capaz de seguir em frente. Se vocês quiserem me fazer sofrer, é só me lembrarem da história do quarteto: Ayano, Shintaro, Takane e Haruka (Eu desabo na hora haha)

 

E assim, o grupo consegue derrotar a cobra.

Depois disso, as crianças perdem seus poderes e conseguem seguir com suas vidas. Takane recupera seu corpo e Haruka, ainda num corpo meio artificial (mas diferente do Konoha) volta também.

 

O final bom é representado na seguinte música, narrada pelo Haruka:
(Versão não vocaloid AQUI)

 

É isso, Kagerou Project chega ao fim!

 

“O que? Acabou? Como eles conseguiram fazer isso? Você não vai explicar?”

 

Então… essa parte fica meio em aberto nas músicas. Mas já vi o fandom de Kagerou Project discutindo que, no fim, Haruka perde suas memórias e o grupo acaba seguindo caminhos separados. Sinceramente, eu não tenho muita certeza se isso realmente acontece. E mesmo se for o caso, não podemos dizer que esse é o único desfecho possível.

 

Por que?

(Agora entra uma característica de Kagepro que muitas pessoas detestam)
Porque todas as mídias contam a história de um jeito diferente. Alguns justificam isso dizendo que: “Cada mídia conta uma rota diferente da história”, afinal, a ideia de que existem inúmeras rotas é oficial. Olha, eu não sei se é o caso, mas ainda que seja, admito que isso é um detalhe de Kagepro que me incomoda BASTANTE e que também me faz entender o motivo de ter pessoas que não gostam da franquia.

No caso do mangá é pior ainda, porque me deparei com uma rota COMPLETAMENTE diferente dessas apresentadas (incluindo a do anime) quando eu li. Francamente, o maluco do Jin (autor de Kagepro) parece não se cansar de ver a gente bugado.

 

Dito isso, posso afirmar que: “O final bom do anime não é o mesmo do que é discutido pelos fãs sobre as músicas”. No anime, você vai encontrar a explicação de como eles derrotaram o Kuroha/Cobra anuladora (de um jeito meio shounenzado haha) e também vai se deparar com um desfecho (feliz) levemente diferente desse que eu contei.

Mas ai entra aquela história, qual será desfecho verdadeiro? Infelizmente, não sei responder essa pergunta e não sou capaz de dizer nem se, de fato, existe alguma conclusão “verdadeira” pra Kagepro (capaz que todas sejam certas).

 

E para encerrar de vez a parte da história, aqui está a última música que faltava no guia (Ela fala sobre algumas reflexões da Mary):

 

“Só uma pergunta, por que você não falou do anime? Não seria mais fácil de explicar?”

 

Por que, na minha opinião, o anime não foi muito bem adaptado. Se você não conhecer a história e foi conferir o anime, pode acreditar que vai terminar ele com a sensação de “O que foi isso? Que negócio mais fumado” (Bom, Kagepro é meio fumado mesmo)

O ideal, na minha opinião, é assistir o anime depois de já ter um conhecimento prévio da história (e é por isso que eu tentei explicar Kagepro pelas músicas). Mas é claro, se quiserem ter mais uma base da história, vocês podem procurar assisti-lo (quem sabe algumas coisas até fiquem mais claras).

haha

(Brincadeira, isso ai já é um caso a parte. O anime não é assim não haha)

 

O anime tá mais para isso:

Só vou avisando que: A animação foi feita pela SHAFT, então algumas pessoas podem achar a vibe do anime meio “estranha” e “chata”, ou simplesmente se incomodar com o estilo. Além disso, vocês podem se deparar com leves diferenças na narrativa da história, pelo mesmo motivo que eu já expliquei várias vezes.

 

Tendo em vista toda a confusão dessa franquia no quesito história, decidir dizer aqui a minha opinião:

Kagepro está cheio de sugestões, que são respondidas de uma forma meio “aberta”. Nenhuma mídia vai te dar a explicação da história toda certinha e organizadinha, você vai precisar ir ligando as informações que lhe forem passadas até conseguir ter uma visão mais concreta do enredo. 

 

O que eu tentei fazer nesse post foi basicamente organizar a história (se vocês perceberem, a maioria das partes que se tratavam sobre as intenções dos personagens acabaram ficando como “minha interpretação”). Por isso, eu sugiro que, aqueles que conseguiram ter uma noção mais clara sobre Kagerou Project (e se interessaram pela história) procurem ter contato com todas as mídias por si mesmos, para tentarem tirar suas próprias conclusões.

 

E para encerrar…

Mesmo que antes o Jin tenha nos dito que Summertime Record seria a última música de Kagerou Project (pegadinha do malandro), atualmente está sendo lançando um novo albúm chamado: Mekakucity Reload! (Quem sabe mais algumas dúvidas serão esclarecidas). Até o momento, já foram lançadas duas músicas: Uma da Kido e outra da Ayano.

 

◊ Créditos a Prrg subs pela legenda das seguintes músicas! ◊

 

Shissou Word

 

Additional Memory

 

 

Ufa, finalmente acabou! Obrigada a todos que leram até aqui e espero que tenham gostado da minha forma de explicar Kagepro! Apesar de MUITO maluca, essa história é realmente fascinante e está cheia de elementos bem interessantes, não acham? No mais, fiquem à vontade para darem a opinião de vocês e para discutirem sobre Kagerou Project comigo ♥

 

 

 

-SEE YOU NEXT TIME☆

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s