Skip Beat: O que é o amor perto da vingança?

Hey! Hoje eu vim trazer uma nova recomendação de shoujo que, pelo menos pra mim, me surpreendeu e MUITO.

Mas antes de tudo: Vocês clicaram mesmo neste post?

HAHAHAHAHA

HAHAHA

Ingênuos…

Skip beat.jpg

Skip Beat é uma praga do mundo shoujo, não tem mais como fugir! 

Também conhecido como o One Piece dos shoujos, essa obra já está há um bom tempo no mercado e, mesmo agora, ainda deixa a gente super ansioso na espera dos próximos capítulos haha

Eu vou ser sincera, demorei DEMAIS pra criar coragem pra ler esse mangá, principalmente, por causa do traço (cá entre nós, tem semelhanças com aqueles traços de mangás yaoi exagerados). Mas ainda bem que eu mudei de ideia! Meu preconceito acabou simplesmente no primeiro episódio do anime, quando eu percebi que essa história tem muito, mas MUITO potencial~

 

Sinopse:

Kyoko é uma garota do interior que cresceu na tradicional pousada japonesa de seu amigo de infância, Shoutaro. Um dia, ele decide ir para Tokyo para se tornar um cantor famoso e a chama para ir com ele. Apaixonada, a garota abre mão de tudo para seguir o sonho de Sho, mas o que ela não esperava é que, no momento em que alcançasse a fama, ele acabaria a dispensando sem pensar duas vezes.

O que você faria na situação dela? Choraria? Voltaria para “casa”? Guardaria rancor, mas aceitaria sua situação miserável? Pois Kyoko decidiu dar a volta por cima, mas não de qualquer jeito, tinha que ser com ESTILO!

Movida pelo seu ódio contra Sho, a protagonista decide mostrar pra ele o quanto estava errado, entrando pro show business e ficando tão famosa quanto ele, para poder olhá-lo de cima e fazê-lo se arrepender profundamente do fez a ela.

 Gênero: Comédia, Drama, Romance, Shoujo
Tudo bem, eu diria que essa sinopse pode não chamar tanto a atenção de alguns (pelo menos foi um pouco assim comigo haha), só não se deixem enganar por essa história aparentemente “rasa”, porque tem muita coisa vindo por ai

 

E o que esse mangá tem de mais?

Eu diria que uma ambientação super bem construída do que realmente é o show business. A autora trabalha com diversas questões e situações vividas pelas pessoas do mundo do entretenimento e explica pro leitor, de uma forma bem atrativa e fácil, todo o drama vivido por aqueles envolvidos com esse tipo de indústria.

O mais incrível é a maneira como a gente sente a paixão e a seriedade dos atores quando entram no personagem. Mais do que isso, percebemos seus sentimentos e pensamentos no momento em que estão atuando de um jeito, além de bem trabalhado, realista.

asijns

 

Mas esperem, isso ainda é a ponta do iceberg

 

Skip beat não só retrata isso, como também a questão da busca pelo autoconhecimento

A protagonista, Kyoko, é alguém que por toda sua vida careceu muito de amor. Quando criança, foi rejeitada pela sua própria mãe e acabou recebendo uma educação tradicionalista pela mãe de Shoutaro, que depositava suas esperanças de a jovem, um dia, assumir a pousada. Como se não bastasse ter sua vida totalmente em função de Sho, seus sentimentos de longa data são traídos não muito tempo depois que ele consegue alcançar um pouco de fama.

Nesse instante, ela perde o sentido de vida que havia criado.

(Quando é sobre sentimento, você pode sair disso e acabar naquilo haha)

Já se viram nessa situação? Em que tudo o que você havia construído pro seu futuro deixasse de existir de um dia para o outro? Para aqueles que sim, tenho certeza de que foi um momento muito doloroso, e isso não foi diferente com Kyoko.

Mas seu desejo por vingança serviu como um ponto de fuga e, inesperadamente, um novo começo para a personagem. A partir daí, ela conheceu novas pessoas e descobriu coisas sobre ela mesma, que antes não sabia. Além disso, a atuação foi, aos poucos, se tornando parte dela.

kyokosasd.jpg(Vocês não tem noção da carga emocional que essa frase tem nessa parte do mangá)

Gente, sério, o desenvolvimento da Kyoko é realmente EMPOLGANTE. Não dá pra tirar os olhos dela, porque sempre acontece uma coisa nova e interessante nessa jornada que ela começou a traçar (óbvio que o ódio ainda está lá no fundo do coração e a protagonista faz questão de externar isso hehe)

 

Mas alguém pode se tornar um ator só por vingança?

Skip Beat mostra que não é tão simples assim. Se tornar uma estrela por sentimentos e motivações rasas não são suficientes pra fazer você realmente sobreviver nesse tipo de indústria (A menos que você tenha contatinhos, mas ai já entra um outro assunto haha). É a partir dai que surge a seção “Love Me”, criada pelo presidente da empresa de entretenimento LME, na qual a Kyoko consegue, de alguma forma, participar. Esse grupo exclusivo dessa companhia é fundado especialmente para atores com potencial, mas que carecem de sentimentos básicos como pessoa.

Só que o caminho dela está longe de parar por ai!

Mesmo que sua motivação não tivesse sido tão nobre, a jovem começou a conhecer aos poucos o que significa ser uma atriz de verdade e, assim, passa a crescer como pessoa.

 

Kyoko isso e Kyoko aquilo, só tem essa personagem nesse mangá?

Calma, tem mais gente vindo por ai haha

Skip Beat tem uma série de personagens únicos, que tornam a trama tão interessante como ela é. Os membros da LME, os atores rivais, os empresários e muitos outros personagens fazem parte da história e trazem consigo algum elemento novo que complementa a história. Fora que né, com personagens tão variados, não tem como não se apegar a, pelo menos, algum deles (Yashiro-san essa é pra você, seu fofo ❤︎)

scasca.jpg

Fora que o relacionamento e vínculos formados são muito bonitinhos e mostram o quanto ter pessoas boas por perto pode mudar a vida de alguém! Isso fica bem claro no convívio entre Ren, um ator renomado da LME, e Kyoko. Ele foi essencial para que ela conseguisse seguir em frente em relação ao seu passado e suas frustrações, sendo capaz de começar a se tornar uma pessoa completa por si só.

cvxccvcv

Além disso, ainda tem o romance entre a Kyoko e o Ren, que gente… pensa numa química! Sempre ficamos esperando algum desenvolvimento no relacionamento deles e torcemos muito para que os dois fiquem juntos logo~

yashiro

(Yashiro representando nosso lado shipper~)

 

E para aqueles que se interessaram em ler, se preparem pra rir MUITO

Vocês não tem ideia de como as cenas de comédia desse mangá são boas! Volta e meia eu passo mal de rir, principalmente, por causa da Kyoko. Essa personagem consegue ser muito ingênua e engraçada em um nível que eu nem consigo descrever direito, só lendo pra saber haha

 

Mas não vão ter momentos só de alegria não. Skip Beat tem o toque certo de drama, deixando o enredo bem mais profundo e envolvente

A história dos personagens e as feridas que eles guardam em seu coração dão um ar de seriedade necessário pra a construção da trama. Mesmo com seus passados e desafios pessoais, a maneira como eles precisam superá-los, especialmente quando vão atuar, acaba comovendo a gente de uma forma ou de outra. Sem contar que vê-los conseguindo vencer tanto seus traumas quanto situações externas a eles é uma sensação muito boa.

dccdklsfdj.jpg

Acho melhor eu parar por aqui, pra não acabar virando textão demais (se bem que ainda tem muita coisa pra falar dessa beleza de mangá haha)

 

Informações técnicas:

  • Skip Beat está em andamento, atualmente, com 42 volumes (Não se deixem assustar pelo tamanho haha)
  • É uma obra escrita e desenhada por Yoshiki Nakamura
  • Você pode encontra-lo em português no Portal Skip Beat, sendo que o projeto está ativo
  • Há também um anime, feito em 2008, com 25 episódios
  • Skip Beat, além disso tudo, ainda tem um dorama Chinês feito em 2011! Ele tem 15 episódios e você pode encontrá-lo no Suki Dorama (Para aqueles que gostam de Kpop, tanto o Ren quanto o Sho são interpretados por dois membros da banda Super Junior~)

 

Resumindo

Por mais que você não acredite muito no potencial de Skip Beat, posso te dar a certeza de que vai se surpreender bastante se der uma chance! A trama tem seus pontos sérios, mas nada que a torne “pesada” demais, e uma comédia romântica bem feita, deixando a leitura bem agradável e divertida.

 

E para aqueles que tem receio de ler mangás mais antigos, não se esqueçam:

“Panela velha é que faz comida boa”

20090401001 (1)

(Vai na fé, que vai dar tudo certo!)

 

 

 

-SEE YOU NEXT TIME☆
Anúncios

6 Respostas para “Skip Beat: O que é o amor perto da vingança?

  1. Sinceramente amo Skip Beat, leio o mangá basicamente desde que eu comecei a gostar de mangá/anime o que faz uns 9 anos ou algo parecido, entrei no ensino médio, passei pra universidade e ainda tenho esperanças no OTP Kyoko x Ren.

    Skip Beat é um dos poucos mangás de shoujo que eu leio junto com Kuragehime e Yugami-kun Ni Wa Tomodachi Ga Inai. Pois na minha opinião shoujo/romance/drama é um gênero que abusa rápido (ao contrário de shounen/ação/comédia) e como eu leio coisas assim faz 9 anos… já vi todo o tipo de clichê possível. Não estou dizendo que Skip Beat é à prova de clichês, mas o fato da mangaka não fazer do romance o principal ponto do mangá e sim a carreira/amadurecimento pessoal da protagonista, não torna a leitura tediosa.

    Mas do jeito que o mangá vai, eu vou morrer, cinco gerações vão passar e nem a Kyoko nem o Ren vão ter se confessar.

    Curtido por 2 pessoas

    • Skip Beat ganhou minha empatia quanto ao enredo não ser focado apenas no romance, da mesma forma que Kuragehime faz com tamanha maestria. E com fé nesta luz que me ilumina às 3hrs da manhã: Kyouko e Ren já é canon, se esse ship não for canon eu desisto de ler shoujo. No mais: obrigada por comentar no blog, esse post não é meu mas me deu uma vontade enormeeee de escrevê-lo.

      OBS: Fica ligada que daqui uns dias vai ter um anúncio aqui no Shiritori sobre Skip Beat (muita gente vai surtar kkkk).

      Curtir

    • Concordo com tudo o que disse haha
      Também já estou meio impaciente pra que os dois fiquem realmente juntos, mas acho que tudo tá seguindo da melhor forma possível. Pra minha surpresa, não sinto como se o desenvolvimento do casal estivesse parecendo só enrolação, mesmo com a demora :v
      Mas é aquele negócio, vamos continuar na torcida para que o casal se concretize o mais rápido possível, porque ainda queremos muito Ren x Kyoko na nossa vida ❤ kkkkkk

      Curtir

    • “Não estou dizendo que Skip Beat é à prova de clichês, mas o fato da mangaka não fazer do romance o principal ponto do mangá e sim a carreira/amadurecimento pessoal da protagonista, não torna a leitura tediosa.”
      FALOU TUDO AI!!
      Tbm leio mangás (principalmente shoujos) há um tempinho (5 aninhos ^.^) e super entendo, já está se tornando normal começar a ler um mangá e parar pq simplesmente parece com qualquer outra coisa que já li antes (mais da mesma coisa).
      E Skip Beat de alguma forma quebra com isso… E não é só pq estamos evitando o clichê (e esperando mais do que romance) que não queremos KyokoxRen u.u

      Curtido por 1 pessoa

  2. E o título de melhor blog vai para???!!!
    MAS HAJA BOM GOSTO VIU?
    Skip Beat tbm tá no meu top shoujo, confesso q demorei pra começar a ler não tanto pelo resumo da história e sim pelo traço que não me atraia de forma nenhuma, hoje já penso diferente (não sei se pelo costume meu de ler ou da mangaká de desenhar) e acho q a história e o desenho combinam enormemente km
    Amei, amei, amei sua resenha e como vc conseguiu expressar toda a profundidade que a trama possui, a forma como a história vai sendo construída e como Kyoko vai evoluindo ocorre de modo tão natural S2
    Esse é um daqueles mangas q fazem gosto ler e reler e fico imensamente feliz quando encontro outras pessoas que surtam tanto quanto eu kkkk

    Curtido por 1 pessoa

    • Que bom que gostou! Seu comentário fez o meu dia~
      Aparentemente ter receio de ler o mangá por causa do traço não é tão incomum assim haha
      Mas é só ler/ver um pouquinho que a gente acaba se apaixonando e deixando isso de lado (só pra ter uma noção do quanto essa obra é boa!)

      OBS: Não sei se já viu, mas estamos postando o Drama CD 5 de Skip Beat em vídeo, caso queria conferir e acompanhar :3

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s