W – Two Worlds: E se seu 2D favorito se tornasse real?

Hey, guys! Hoje vim trazer um tema um pouco diferente pra vocês. Essa resenha vai falar sobre um dos meus doramas coreanos favoritos por uma série de razões que vou tentar apresentar para vocês, então espero que gostem~

 

Antes de mais nada, o que é um dorama?

Dorama é a forma como os japoneses pronunciam a palavra “drama”. A partir dai, o público ocidental que assiste novelas asiáticas acabou utilizando esse termo pra se referir a novelas orientais em geral. É mais uma mania por parte dos fãs para que as pessoas possam associar rapidamente quando se trata desse tipo específico de novela.

Uma breve introdução da história e dos personagens:

w-two-worlds-w-two-worlds

Gênero: Romance, Melodrama, Suspense, Fantasia

A história se passa na Coréia e no universo fictício de um Webtoon chamado de W. Webtoon é um site que realmente existe, no qual histórias em quadrinho de diversos autores são publicadas online e gratuitamente. Infelizmente, a série W é exclusiva do dorama (Eu cheguei até a pesquisar, porque me deixou curiosa hehe).

Agora vamos a sinopse:

Tudo começa quando a residente de medicina, Oh Yeon Joo, recebe uma ligação dizendo que seu pai, o criador da série W, havia desaparecido um dia antes da publicação do último capítulo de sua história. Quando vai até a casa dele para entender a situação, ela é puxada para dentro do Webtoon pelo personagem principal de W, Kang Chul, que estava à beira da morte. Depois de ter sua vida salva por ela, Kang Chul assume que a garota pode ser a “chave para sua vida” e fica determinado a encontra-la novamente.

A partir desse momento, o destino dos dois se entrelaça e uma série de eventos inesperados começam a acontecer na vida deles~

 

O que eu devo esperar dessa história?

W é uma mistura maravilhosa de ação, suspense, mistério e romance, sendo que todos esses gêneros ficam bem equilibrados e tornam a trama interessante e atrativa. Todos esses elementos acabam variando entre umas partes sérias e outras mais cômicas.

Bom, eu sei que cada um reage de uma forma, mas o que acabou me prendendo mesmo foi a curiosidade de saber como tudo seria resolvido (e o romance, mas esse vou deixar em off haha). É aquela famosa sensação de quando o episódio acaba na melhor parte e você fica com vontade de ver o próximo logo em seguida, só que isso aconteceu comigo em todos os episódios.

 

´õºíÀ¯_°-ö_¿À¿¬ÁÖ_ù¸¸³²

 (Para quem ainda não está convencido de que tem cenas sérias e tensas)

 

Alguns pontos que fazem “W – Two Worlds” ser tão único:

  • A relação entre o mundo real e o mundo do Webtoon

WTwoWorlds

Não há uma explicação específica sobre o porquê, especificamente, do mundo de W ter começado a interagir com o mundo real. Eu diria que isso até é um dos furos que a autora deixou passar, mas também não acho que seja algo que atrapalhe a história como um todo. O que mais me chamou a atenção é o modo como o mundo do Webtoon tem toda uma lógica, como a maneira que você entra, sai e intervém nele. Isso dá uma consistência para a história e, mesmo sendo uma ficção, traz uma espécie de explicação para os eventos que acontecem.

Outra coisa interessante é a forma como os personagens transitam entre os dois mundos e como um universo acaba interferindo no outro.

 

  • Personagens relevantes com personalidades bem construídas:

tumblr_octypgSMVG1tmjt2ko1_500

tumblr_octypgSMVG1tmjt2ko6_540

 (Se eu apertasse a mão dos meus 2D, não ia querer lavar nunca mais haha)

Eu acho que todos os personagens têm, de alguma forma, importância pra história e, mesmo com o desenvolvimento deles no decorrer do enredo, a personalidade de cada um continua bem coerente.

 

  • O suspense

(O suspense desse negócio foi tão bom, que mereceu um tópico só pra ele)

Eu achei que esse elemento foi essencial pra deixar a história tão boa, porque ele que dá a base pra todas as reviravoltas no decorrer dos episódios e deixa a gente preso à novela sem saber o que vai acontecer adiante. Cá entre nós, um suspense mal trabalhado pode acabar estragando as cenas sérias e deixar a trama previsível demais.

 

  • O romance

Eu tenho mania de dizer que alguns doramas tem uns romances meio de novela mexicana, mas W não passa nem perto disso! O casal foi desenvolvido de uma forma séria, sem parecer forçação de barra pra que eles ficassem juntos. Tudo teve um motivo que deixou o relacionamento deles mais profundo com o tempo. Outra coisa que eu não posso deixar passar é o fato dos dois terem várias cenas fofinhas juntos~

 

  • Os desenhos do Webtoon

Este slideshow necessita de JavaScript.

(Eu amei tanto esses desenhos, que vocês não fazem nem ideia)

Eu fiquei impressionada em como a produção fez até mesmo a capa dos volumes da série W! Mesmo sendo só um detalhe, isso chamou muito a minha atenção. Além disso, nós temos que concordar que as partes desenhadas do dorama são muito lindas.

 

  • Vilões interessantes

w01-00230.jpg

Eu não vou ser muito específica nesse tópico pra não dar spoiler, mas pensa em como esses vilões me fizeram passar raiva e ficar preocupada. Eles têm suas próprias características e motivações, sendo que algumas vezes acabam sendo cruéis outras vezes só irritantes mesmo, mas preciso admitir que a história não seria a mesma sem eles.

 

  • Outros pontos que eu senti vontade de falar, mas que são pessoais mesmo

Eu gostei bastante da OST de “W – Two Worlds”. Não é como se ela fosse tão diferente do comum, mas tem muitas músicas boas nela ♥

Outra coisa que me fez resolver assistir o dorama (se não o motivo principal haha) foi o fato do Lee Jong Suk (ator do Kang Chul) estar atuando. Ele conseguiu deixar o personagem charmoso, fofo e, às vezes, até intimidador. Como eu sou fã assumida desse ator, posso ser suspeita pra dizer isso, mas acho que a atuação dele foi uma das razões para a novela ter ficado tão perfeita~

 

 

Informações Técnicas:

  • W – Two Worlds foi transmitido em 2016 e está concluído com 16 episódios
  • Os episódios têm uma média 60 minutos
  • Foi exibido pela MBC
  • Foi escrito por Song Jae-jung e produzido por Jung Dae-yoon
  • É possível assisti-lo no Viki ou em sites de fansub, como o Kingdom Fansub (É preciso fazer cadastro), sendo que nos dois há legendas em português

 

Considerações Finais:

Mesmo que uma coisa ou outra não agrade, W tem uma história realmente envolvente variando entre cenas tensas e divertidas e até mesmo aqueles que não são acostumados a assistirem doramas podem (caso não tenham problemas com a língua coreana) gostar! Eu falo isso por experiência própria, porque já apresentei W para três pessoas que nunca tinham assistido nada coreano e elas acabaram amando.

 

Trailer e mais alguns gifs:

 

 

Oh Yeon Joo nos representando perfeitamente:

tumblr_o9iqdp9OEO1uce1pw_smart1

Espero que tenham gostado ♥

 

 

-SEE YOU NEXT TIME☆

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s