Assuntos gerais

“Ore wa, Tensai!!” – Conheça o Artbook de Slam Dunk.

Ohayoo! Como vai? Tudo ótimo? T…

SAKURAGI

Como prometido no post anterior, esta publicação será apenas do Artbook de Slam Dunk. 

Aliás, alguém aqui gostou de Kuroko no Basket? Gostou tanto que já reprisou? Então provavelmente você irá AMAR Slam Dunk.

Sabe por que você vai amar? Porque Kuroko não chega AOS PÉS DE SLAM! Haters são bem-vindos, mas essa é a verdade.

Quem me conhece sabe o quão longe vai meu fanatismo por Takehiko Inoue, tanto que coloquei na cabeça que teria um artbook dele antes de morrer. Não sou crítica de arte ou coisa do tipo, mas Takehiko é um dos poucos mangákas que admiro e ouso chamar de gênio. Para quem não o conhece… irá se surpreender. 

O traço desse ser humano é INCRÍVEL.

IMPECÁVEL.

EXTREMAMENTE REALISTA.

Suas obras mais famosas são Slam Dunk (voltado ao universo do basquete) e Vagabond (baseado na famosa história do samurai Musashi e um dos melhores mangás de espadachins que já li na vida. Assim como o traço, as lutas são muito realistas). Vagabond é uma obra bastante detalhada que desperta nossa curiosidade e interesse sobre o passado histórico do Japão – além de ficarmos deslumbrados com o traço do mangáka. Mas Slam Dunk… ah, Slam Dunk é meu amor unilateral. Slam é a espécie de obra que nos cativa, porque ela desperta o que comumente chamamos de simpatia. O personagem principal é tão idiota, cheio de defeitos, maluco, estranho, irritante que chega ser impossível não gostar dele. Mas é isso, de certo modo, que o torna único. E acredite: provavelmente você nunca irá esquecer ou encontrar algum personagem igual.

Mas enfim, queridos! Irei mostrar logo à vocês o artbook.

Para quem é fã como eu: prepare o coração, esse artbook é ABSURDO (de lindo)! Haru-chan (meu ursinho) irá apresentá-lo para vocês.


❥ Artbook aberto com jacket (Capa  e Contracapa):

10
Colocar capa fosca branca é pedir pra sujar, vou ter que cuidar disso como se fosse meu filho único.

❥ Artbook aberto sem jacket:

sd
Isso aqui pra sujar… ahushuashu *parei

> OBSERVAÇÃO: esse artbook é bem velho, foi lançado em 1997… ou seja: suas dimensões e estilo são BEM DIFERENTES dos artbooks atuais. Simplificando: além de possuir capa dura (atualmente, parece que a indústria aboliu a capa dura – decisão idiota), esse artbook é ENORME! Fiz uma comparação dele com o Artbook de Io Sakisaka e com as revistas da Hana to Yume do post anterior:  

4a0688c5802
Sim, eu já coloquei tudo em plásticos! *-* kkkkkk

Ok

Chegou o momento. Calm down, guys!

Vou mostrar as ilustrações *-*

1

2

3

❥ ILUSTRAÇÕES:

1
Primeira página… ok, chega de suspense e.e kkkkk
30
Nossos meninos!
31
Sakuragi
2
Ryota e Sakuragi
3
Rukawa e Mit S2

25

29
Ayako sendo diva

13

slam2

14

28
Acorda, Sendou! 
15
Ryota e Ayako (Sim, é ela. Ayako de cabelo solto é outra história…)
16
Rukawa

34

17
Imagens retiradas do mangá. Se você ainda não leu Slam e está se perguntando se esse traço é parecido durante a publicação do mangá, a resposta é sim! Quer dizer, não é parecido… é idêntico! Takehiko Inoue é assustadoramente bom no que faz.
18
Pareceu até Naruto x Sasuke (Takehiko-sensei pfv me perdoaa por tal comparação!! kkk)

19

26
De longe uma das melhores imagens desse artbook.

20

21
Gente, nessa ilustração esquerda o Akagi tá muito “real”.

33

22

23

24

4

5

6
Só eu acho o Ryota lindo? Ele é muito estiloso!

7

8
Sakuragi e Haruko (Achei essas duas ilustrações lindas)

11

9

10

slam

32

❥ Além disso, uma coisa bastante legal presente neste artbook é o fato de conter esboços dos desenhos:

esboço2-horz

esboço3

.

E aí, gostaram?

Escolhi as ilustrações que mais me chamaram atenção (quase todas kkkk).

Sempre quis um Artbook de Takehiko Inoue; fico extremamente feliz que o primeiro que consegui comprar foi de Slam Dunk. Eu possuo um apreço enorme por essa obra e sinto um orgulho imenso ao vê-lo em minha estante (sentimento de gente doida). Além de possuir uma qualidade estupenda, as ilustrações foram muito bem escolhidas e posicionadas – o que me fez ficar bastante atraída por ele. Apesar de ter sido publicado em 1997, se existisse uma palavra para definir esse artbook… acho que seria: estiloso. 

Dediquei esse post apenas para mostrar as ilustrações e análise física da edição para pessoas que querem conhecer ou têm interesse em comprar futuramente. Qualquer dúvida, pode perguntar aqui ou em qualquer outra rede social minha, viu?

Espero que tenham gostado.

 

Um grande abraço pra vocês!

Quer dizer… um grande abraço meu e outro desta família linda:

27

 

Nos vemos por aí!

 

 

–  See you space cowboy

Comenta aí, meu povo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s